A felicidade vem da partilha

                                                              Salmo 128,1-6

Dízimo - partilha

1 Feliz quem teme a Javé e anda em seus caminhos! 2 Você comerá do trabalho das tuas próprias mãos, tranqüilo e feliz. 3 Sua esposa será como a vinha fecunda, na intimidade do seu lar. Seus filhos, rebentos de oliveira, ao redor de sua mesa. 4 Essa é a benção para o homem que teme a Javé. 5 Que Javé abençoe você desde Sião, e você veja a prosperidade de Jerusalém todos os dias de sua vida. 6 Que você veja os filhos de seus filhos. Paz sobre Israel!

Oração em estilo sapiencial sobre a felicidade do justo. Temer a Deus consiste em reconhecer que só ele é Deus, e o homem não é Deus. Daí nasce à obediência à vontade de Deus, que abençoa e ensina o caminho da vida: trabalho honesto, amor matrimonial, paternidade e maternidade que partilha a vida. Do circulo familiar se abre para todo o povo da cidade da Aliança Deus abençoa a todos, criando uma história de paz”.

REFLEXÃO:

                   Todos os homens e mulheres que forem fieis ao Deus de amor viverão já nesta vida a felicidade de “JUSTO” Precisamos reconhecer, que o homem não é um deus, Quando temos a Deus isto nos ensina que só há um Deus Soberano e Altíssimo em toda a face da terra, aí então se faz necessário a obediência à vontade deste Deus de Amor Eterno e Infinito. Trazemos para a nossa vida esta Palavra de hoje e buscamos perceber o papel da família, o matrimonio, a paternidade, a maternidade, o trabalho honesto em si já é abençoado por Deus que é o Pai de todos os seres viventes. A fidelidade dos esposos é de grandiosa magnitude, a prosperidade será como rebentos de oliveira, na justiça verão os filhos dos seus filhos, esta como uma descendência abençoada de geração em geração todos os dias de suas vidas; pela fidelidade ao Criador Supremo, que nos dará o cêntuplo aqui ainda nesta terra.

Paz sobre Israel! E paz hoje em todas as famílias, que seja derramada como os raios do Divino Amor Misericordioso, a alegria, o amor, a segurança, a paz, a fidelidade entre pais e filhos, a saúde, todas as bênçãos e dons que as famílias necessitam para permaneceres bem em seus lares.

“Por isso precisamos continuar e permanecer em nossa corrente do livramento em todos os nossos empreendimentos: trabalhos, negócios, estudos, nas comunidades, no bairro em que vivemos, para que o próprio Deus venha em nosso livramento. Participem com fidelidade deixando o seu nome, assim venceremos o nosso combate, a nossa luta como verdadeiros guerreiros no campo de guerra. Que Deus nos abençoe com bênçãos celestiais. Amém! Aleluia!”

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s