Deus liberta o aflito

                                      Salmo 6,1-11

0_f44935290

2 Javé, não me castigues com tua ira, não me corrijas com teu furor! 3 Piedade, Javé, pois meus ossos tremem. 4 Todo o meu ser estremece…E tu, Javé, até quando? 5 Volta-te, Javé! Liberta-me! Salva-me, por teu amor! 6 Pois na morte ninguém se lembra de ti: quem te louvaria no túmulo? 7 Sinto-me esgotado de tanto gemer, e de noite eu choro na cama, banhando o meu leito com lágrimas. 8 Meus olhos se derretem de dor, envelhecem de tantas contradições. 9 Afastem-se de mim, malfeitores todos; Javé ouviu o meu soluço! 10 Javé ouviu o meu pedido. Javé acolheu a minha prece. 11 Envergonhem-se meus inimigos todos, retirem-se depressa, cheios de vergonha!

Suplica durante uma doença grave. A doença é vista como castigo mandado por Deus, por causa de algum pecado. A súplica visa à cura. Esta súplica, porém, supõe que Deus, no seu amor, se volte para dar a vida, libertando da morte. O salmista volta a insistir sobre o seu estado miserável. Supõem a cura. Malfeitores e inimigos são os injustos que duvidam da ação de Deus. Agora ficam envergonhados, pois a cura dos doentes é uma prova de que Javé ouve o clamor dos aflitos”.

Reflexão:

               O pecador, o justo, teme a ira de Deus, também se preocupa muito de ser castigado por Ele. O justo, o pecador está sempre em busca do Deus da Vida. Procura na fidelidade confiar que mesmo na demora ele será ouvido em suas súplicas. Quantos irmãos, sofredores, que já não tem mais esperança, parecem-lhes que nada mais dará jeito em seus sofrimentos. Jó foi fiel a Deus, tudo para ele foi ao estremo, tudo acabou, mesmo aí, ele suplicava com persistência, a ponto de dizer, nu saí do Pai e nu voltarei. Quando Jó viu que já se encontrava no lixo da vida, começou a rezar, a orar, a louvar a Deus por aqueles que o perseguia e o fazia sofrer; foi então que Deus veio em seu livramento dando-lhe o cêntuplo na sua vida de tudo o que havia perdido. Também para nós, quando parece-nos que tudo acabou, a minha fé, a minha suplica, o meu louvor a Deus me mostrará os grandes prodígios, portentos e milagres. Vamos irmãos se tens alguém que está sofrendo muito, coloca-os na fila do clamor a Deus e verás as maravilhas de Deus se realizar. Busquemos a perseverança na Campanha do livramento por todos aqueles que não têm mais esperança em sua vida, e nós clamaremos com fervor ao Deus de amor misericordioso. Pois Ele virá sem tardar. Sejam todos abençoados neste dia, você e sua família, em abundância. Glória a Deus nas alturas e paz na terra a todos que confiarem na Misericórdia Divina. Amém! Aleluia!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Deus liberta o aflito

  1. Gustavo Müller disse:

    Ótima reflexão.. A li em boa hora… Obrigado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s