Deus restaura a honra do inocente

                                                                                   Salmo 35,1-15

130525437859

1 Javé acusa meus acusadores, combate os que me combatem! 2 Toma a armadura e o escudo e levanta-te em meu socorro! 3 Maneja a espada e o machado contra os meus perseguidores! Dize à minha alma: “Eu sou a tua salvação!” 4 Fiquem envergonhados e arruinados os que buscam tirar-me a vida! Voltem para trás e sejam confundidos os que planejam o mal contra mim! 5 Sejam como palha frente ao vento, quando o anjo de Javé os empurrar! 6 Que o caminho deles seja escuro e deslizante, quando o anjo de Javé os perseguir! 7  Sem motivo estenderam a sua rede contra mim,  e abriram para mim uma cova. 8 Caiam sobre eles um desastre imprevisto! Sejam apanhados na rede que estenderam, Caiam eles dentro da cova. 9 Minha alma exultará em Javé, e se alegrará com a sua salvação. 10 Todo o meu ser dirá: “Javé, quem é igual a Ti para livrar o fraco do mais forte, e o pobre e indigente do seu explorador?” 11 Levantaram-se testemunhas falsas e me interrogaram sobre o que nem sei. 12 Pagaram o bem com o mal e me deixaram desamparado. 13 Quanto a mim, quando eles estavam doentes, eu me vestia com pano de saco, me humilhavam com jejum e por dentro repetia a minha oração. 14 Como por um amigo, um irmão, eu ia e vinha cabisbaixo e triste, como de luto por minha mãe. 15 E quando eu tropecei, eles se alegraram se reuniram contra mim, e me atacaram de surpresa.

Suplica de um inocente injustamente acusado. No pedido de justiça se incluem a salvação do inocente e a destruição dos verdadeiros culpados. Conforme a lei do talião, o falso acusador de sofrer a mesma pena que queria infligir ao inocente. Promessa de agradecimento mostra que a justiça de Deus consiste libertar o fraco e o pobre dos opressores e exploradores. A acusação não veio dos costumeiros inimigos, de quem geralmente se podem esperar tudo. Pior ainda, veio dos amigos que traíram a confiança, pagando o bem com o mal”.

REFLEXÃO:

                 O importante para os combatentes do exercito de Deus, é ter sempre e em tudo uma consciência tranqüila, mesmo em meio às grandes perseguições. Os pobres e arruinados por causa da incompreensão, busquem a perseverança, a fé, a oração confiante guiada pelo Espírito Santo de Deus, então, deixemos o coração na paz e na serenidade. Procuremos relembrar aquela música que disse assim: “Quem nos separará? Quem vai nos separar/do amor de Cristo? Quem nos separará? Se Ele é por nós, quem será quem será contra nós? Quem vai nos separar do amor de Cristo quem será? Nem a espada, ou perigo, nem os erros do irmão, nenhuma das criaturas, nem a condenação. Nem a vida, nem a morte, a tristeza ou aflição. Nem o passado, nem o presente, o futuro, nem a opressão. Nem as alturas, nem o abismo, nem tampouco a perseguição. Nem a angústia, a dor ou a fome, nem a tribulação. Tudo isso porque a pupila dos olhos de nosso Deus conhece o Justo e o Injusto. Somente Deus vê a Verdade e a separa da Mentira. Então por que temer. Seja o que for tudo está no controle de Deus e não dos homens. Que este mesmo Deus venha com as efusivas bênçãos celestiais sobre todos aqueles que O Temem O Amam, O Adoram. “Glorificado, Louvado e Exaltado seja o Deus da Paz.”

Socorro: É de urgência que rezemos pelo irmão Nicola Vassalo, que se encontra internado muito mal no Hospital. “Tudo o que pedirmos pelo irmão que sofre receberemos na mesma dosagem”. Que Deus os abençoe. Amém.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s