Será que Deus nos rejeitou?

                                                                             Salmo 74,1-11

O_CERC~11 Por que, ó Deus, rejeitar-nos até o fim? Por que arder em ira contra as ovelhas do teu rebanho? 2 Lembra-te da comunidade que adquiriste desde a origem, da tribo que redimiste como tua herança, do monte Sião, onde puseste a tua moradia. 3 Dirige teus passos para estas ruínas sem fim: o inimigo arrasou completamente o santuário. 4 Os opressores rugiram no lugar das tuas assembléias, e puseram sua insígnias no frontão da entrada, 5 insígnias que não eram conhecidas. 6 eles destroçaram as esculturas, golpeando com machado e com martelo. 7 Atearam fogo no teu santuário, profanaram até  ao chão a moradia do teu nome. 8 Eles pensavam: “Vamos arrasá-los de um vez!” E  incendiaram todos os templos da terra. 9 Já não vemos nossos sinais, já não existem profetas, e ninguém de nós sabe até quando. 10 Até quando, Deus, o opressor vai blasfemar? O inimigo irá desprezar o teu nome até o fim? 11 Por que retiras tua mão esquerda e manténs a direita escondida no peito?

“Súplica do povo numa desgraça nacional, provavelmente durante o exílio. A invasão babilônica desarticulou a comunidade do povo de Deus, destruindo as bases da sua identidade; posse da terra, cidade, Templo e instituições. Perdendo tudo, Israel perde também a relação com o seu Deus, que se manifestava através dos profetas e através de sinais na sua história. Será que Deus rejeitou o seu povo? Sendo Deus o aliado do povo, a derrota deste é também derrota de Deus”.

REFLEXÃO:

                 A certeza e a alegria do povo de Deus é que Ele não rejeitou e nem rejeitará aqueles que o próprio Deus se aliou. Pode vir o que for terremoto, catástrofe, fome, guerra, sofrimento, em fim tudo o que para a criatura humana é uma destruição, porém, os aliados de nosso Deus jamais estarão abandonados, devemos lembrar que desde o início, com tudo o que houve, não foi por que Deus os abandonou e muito menos os rejeitou; ao contrário, nós procuramos caminhos largos, tortuosos onde não O encontraremos isto é nós cortamos atalhos e fugimos de Deus para podermos fazer aquilo que nos agrada e que muitas vezes não agrada a Suprema Majestade do Deus Altíssimo. Somos convidados a seguirmos o santo caminho que nos conduz a Deus, são caminhos estreitos, caminho que requer da nossa parte muita renuncia, renuncias estas, que farão com que estes caminhos se tornem mais suaves; pois onde está Deus, tudo se tornará mais leve como disse Jesus: “Vinde a mim, vós todos que estais aflitos sob o fardo, e eu vos aliviarei. Tomai meu jugo sobre vós e recebei minha doutrina, porque eu sou manso e humilde de coração e achareis o repouso para as vossas almas. Porque meu jugo é suave e meu peso é leve”. (Mt. 11, 28-30).  Que todos os irmãos que adentrarem neste blog neste dia possam receber as mais copiosas bênçãos dos Céus, assim terão a fortaleza vinda do alto. Assim Seja! Amém!

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s