Deus, confirma a nossa vida!

                                                                                                                Salmo 90,1-17

file_43_50 1 Senhor, tu foste o nosso refugio de geração em geração. 2 Antes que os montes nascessem e a terra e o muno fossem gerados, desde sempre e para sempre Tu és Deus. 3 Tu reduzes o homem ao pó, dizendo: “Voltem filhos de Adão!” 4 Mil anos são aos teus olhos como o dia de ontem, que passou, uma vigília dentro da noite. 5 Tu os semeias ano por ano, como erva que se renova: 6 de manhã ela germina e brota, de tarde a cortam, e ela seca.  7 Sim, tua ira nos consumiu, e teu furor nos transtornou. 8 Colocaste nossas faltas à tua frente, nossos segredos sob a luz  da tua face. 9 Nossos dias passaram sob a tua cólera, e como suspiro nossos anos se acabaram. 10 Setenta anos é o tempo da nossa vida, oitenta anos, se ela for vigorosa. E a maior parte deles é fadiga inútil, pois passam depressa, e nós voamos. 11 Quem conhece a força da tua ira, e quem sentiu o peso do teu furor? 12 Ensina-nos a contar os nossos anos, para que tenhamos coração sensato! 13 Volta-te, Javé! Até quando? Tem compaixão dos teus servos! 14 Sacia-nos com o teu amor pela manhã, e nossa vida será júbilo e alegria. 15 Alegra-nos, pelos dias em que nos castigaste, pelos anos em que sofremos desgraças. 16 Que os teus servos vejam a tua obra, e os filhos deles o teu esplendor. 17 Que a bondade do Senhor venha sobre nós e confirme a obra de nossas mãos.

“Oração coletiva de súplica, diante da fragilidade e brevidade da vida humana. O que é a vida humana diante eternidade de Deus? Ele ultrapassa as gerações humanas e toda a criação. Ao contrário, o homem vive brevemente e acaba morrendo. A vida humana torna-se ainda mais curta por causa do pecado e suas conseqüências: além de breve, ela se transforma em fadiga inútil. O homem é tão frágil que n ao pode sequer suportar a força e o peso da ira de Deus, que é castigo pelo pecado. O que fazer? O v 12 mostra que, diante dessa realidade, só resta pedir que Deus nos dê um coração sábio, para vivermos bem o tempo de que dispomos. Rezemos para que Deus preencha esta vida breve com alegria e júbilo, compensando os anos maus e tristes. É contemplando a obra de Deus na história que se aprende a viver, suplicando sempre que Deus abençoe e confirme aquilo que o homem realiza com tanto esforço”.

REFLEXÃO:

                  Quando Deus nos sacia com o teu amor a nossa vida será de júbilo e de alegria; sabendo que a nossa vida é como a erva que pela manhã germina e brota e de tarde a cortam, e ela seca; por que não voltarmos ao Senhor Deus dia e noite, por que não glorificarmos e louvarmos, adorarmos e prestarmos o devido culto a este Deus que é todo Amor e Misericórdia. Desde toda a eternidade o refúgio poderoso para o ser humano é o Poderoso e Soberano Deus, então por que não sermos íntegros a Ele. Peçamos hoje ao Senhor Deus das Misericórdias que vem em nosso livramento, em nosso socorro em nosso auxilio em nossa fortaleza, assim seremos preparados para tudo o que vier sem nada que nos pegue de surpresa. Sejamos todos abençoados hoje e sempre. Assim seja! Amém!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s