Testemunho que educa

I Cor 4, 14-21

Campos

14 Não escrevo essas coisas para envergonhar vocês, mas para chamá-los à atenção, com o se faz com filhos queridos. 15 De fato, ainda que vocês tivessem dez mil pedagogos em Cristo, não teriam muitos pais, porque fui eu quem gerou vocês em Jesus Cristo, através do Evangelho. 16 Portanto, eu lhes dou um conselho: sejam meus imitadores. 17 Foi para isso que lhes enviei Timóteo, meu filho amado e fiel no Senhor; ele fará com que vocês lembrem-se de minhas normas de vida em Jesus Cristo, aquelas mesmas que eu ensino por toda parte, em todas as Igrejas. 16 Alguns se enchem de orgulho, como se eu não fosse mais visitá-los. 18 Contudo, se o Senhor quiser, irei logo, e então verei não o que esses orgulhosos dizem, mas o que fazem. 20 Pois o Reino de Deus não consiste em palavras, mas em poder. 21 O que vocês preferem: que eu vos visite com vara, ou com amor e suavidade?

A comunidade pode ter muitos pedagogos, mas Paulo é o único pai: foi ele quem, através do Evangelho, fundou a comunidade. Nesse tempo, o Evangelho ainda não era um documento escrito, mas o seu conteúdo vivo era anunciado e testemunhado concretamente pela pessoa do Apostolo. Assim como filho obedece ao pai que o educa e lhe transmite a herança, Paulo pede que a comunidade lhe obedeça, a fim de que ele possa educá-la e transmitir a herança do Evangelho. Timóteo é enviado à comunidade como filho fiel: na pessoa deste, a comunidade poderá reconhecer o verdadeiro Evangelho como herança de Paulo.”

REFLEXÃO:

                   O que vocês preferem: que eu vos visite com a vara, ou com amor e suavidade? Eu creio que, como nós vimos ontem, sobre todos aqueles que fizeram opção por seguir Jesus Cristo, como cristão já conheceu tudo o que devemos passar para sermos fieis a Ele. Dando seqüência nas palavras do Apóstolo Paulo, hoje o que vimos, tenho certeza que ninguém de nós quer receber a visita do Apóstolo com vara. Certos de que a aprendizagem do Evangelho nos dá a segurança, a certeza, o conhecimento de como deverá ser o “Testemunho do verdadeiro cristão”; este aprendizado vem para todos os que querem este seguimento, com transparência, fidelidade, honestidade e integridade, são as verdadeiras virtudes as quais devemos viver com fidelidade. Que o nosso Deus venha dando-nos a graça de vivermos na integridade de coração e de vivência cristã; sendo sinal e testemunho do Santo Evangelho. Que Deus abençoe a todos, hoje e sempre. “Que Deus seja louvado, glorificado e adorado hoje e sempre.” Carinhosamente as SERVAS. 

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s