Escândalos contra o testemunho

I Cor 5,1-13

Traição noivado I Incesto _ 1 Todos dizem que entre vocês existe imoralidade, e tal imoralidade que não se encontra nem mesmo entre os pagãos, a ponto de uma pessoa conviver com a mulher do seu pai. 2 E vocês se enchem de orgulho, ao invés de ficarem tristes, para que o  autor desse mal seja eliminado do meio de vocês. 3 Pois bem! Ausente de corpo, mas presente de espírito, como se estivesse presente, eu já fiz o julgamento daquele que fez isso. 4 Em nome de nosso Senhor Jesus, vocês e o meu espírito reunidos em assembléia com o poder de nosso Senhor Jesus, 5 vamos entregar esse homem a Satanás; humanamente ele ficará arrasado, mas o seu espírito será salvo no dia do Senhor. 6 O motivo do orgulho que vocês tem não é coisa digna! Vocês não sabem que um pouco de fermento leveda a massa toda? 7 Purifiquem-se do velho fermento, para serem massa nova, já que vocês são sem fermento. De fato, Cristo, nossa páscoa, o foi imolado. 8 Portanto celebramos a festa, não com o velho fermento, nem com o fermento de malícia  e perversidade, mas com os pães sem fermento, isto é, na sinceridade e na verdade. 9 Em minha carta, escrevi para vocês não se relacionarem com gente imoral. 10 Não quis dizer que vocês devem separar-se dos imorais deste mundo, ou dos avarentos, ladrões e idólatras; se assim fosse  vocês teriam que sair deste mundo! 11 Não! Escrevi que vocês devem associar-se com alguém que traz o nome de irmão, e no entanto é imoral, avarento, idólatra, caluniador, beberrão ou ladrão. Com pessoas assim, vocês não devem nem sentar-se à mesa. 12 Por acaso, compete a mim julgar aqueles que estão fora? Não são os de dentro que vocês devem julgar? 13 Deus é quem vai julgar os que estão fora. Afastem do meio de vocês o homem mau.

“Paulo recrimina um comportamento que nem mesmo a lei judaica e o direito romano tolerariam. “Entregar a Satanás” significa expulsar da comunidade. Desse modo, o imoral tomará consciência de sua culpa e poderá arrepender-se; assim a comunidade se livrará do mau exemplo que provocaria contágios. Paulo usa a imagem do fermento em sentido oposto ao dos Evangelhos. Ele não deseja que a comunidade seja uma espécie de gueto no mundo, trata-se de viver no mundo sem estar comprometido com o mundo”.

REFLEXÃO:

                As palavras do Apóstolo Paulo, são muito transparentes e honestas, todos aqueles que quiserem seguir o Senhor Jesus Cristo, bastaria viver segundo as palavras do apóstolo neste texto. “Trata-se de viver no mundo sem estar comprometido com o mundo”. Quem carrega o nome de irmão, não pode ser imoral, avarento, desonesto, caluniador, não é necessário separar-nos deles, porém, não viver como o idólatra, etc. É sempre bom fazer o nosso exame de consciência, para saber em que ponto estamos negligenciando, nas coisas belas que dizem a respeito de Deus. Que o nosso Deus nos dê as graças necessárias para poder viver sempre no bem e nunca seguir os exemplos indignos. Sejam todos abençoados com bênçãos copiosas. Assim seja!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s