Acima de tudo o Amor

I Cor 13, 1- 10 e 13

msf

1 Ainda que eu falasse línguas dos homens e dos Anjos, se eu não tivesse o amor, seria como o sino ruidoso ou como címbalo estridente. 2 Ainda que eu tivesse o dom da profecia, o conhecimento de todos os mistérios e de toda a ciência; ainda que eu tivesse toda a fé, a ponto de transportar montanhas, se não tivesse o amor, eu não seria nada. 3 Ainda que eu distribuísse todos os meus bens aos famintos, ainda que entregasse o meu corpo às chamas, se não tivesse o amor, nada disso me adiantaria. 4 O amor é paciente, o amor é prestativo; não é invejoso, não se ostenta, não se incha de orgulho. 5 Nada faz de inconveniente, não procura seu próprio interesse, não se irrita, não guarda rancor. 6 Não se alegra com a injustiça mas se regozija com a verdade. 7 Tudo desculpa, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. 8 O amor jamais passará. As profecias desaparecerão, as línguas cessarão, a ciência também desaparecerá. 9 Pois o nosso conhecimento é ilimitado, limitada é também a nossa profecia. 10 Mas, quando vier a perfeição desaparecerá o que é limitado. 13 Agora, portanto, permanecem estas três coisas: a fé, a esperança e o amor. A maior delas, porém é o amor.

“O caminho que ultrapassa a todos os dons e ao qual todos os membros da comunidade devem aspirar é o amor. “Deus é Amor” Jesus é o enviado do amor, e o centro do Evangelho é o mandamento do amor, que sintetiza toda a vontade de Deus. O amor é a fonte de qualquer comportamento verdadeiramente humano, pois leva a pessoa a discernir as situações e a criar gestos oportunos, capazes de responder adequadamente aos problemas. Os outros dons dependem do amor, não podem substituí-lo, e sem ele nada significam. O amor é a força de Deus e também a força da pessoa aliada a Deus. É a fortaleza inexpugnável que sustenta o testemunho cristão, pois “tudo desculpa, tudo Crê, tudo espera, tudo suporta, porque é a vida do próprio Deus, da qual cristão já participa.” É maior do que a fé e a esperança, que nele estão contidas.”

 REFLEXÃO:

                   Se conhecermos bem, meus queridos irmãos em Jesus Cristo, este cap. 13, será muito fácil, vivê-lo; pois na medida que aprofundarmos nesta aprendizagem da Carta do apóstolo Paulo, veremos que iremos viver tal qual nos apresenta. O amor abrange tudo, o amor supera tudo, o amor nos causa grande alegria; pois na medida em que aprendemos amar os irmãos sem segundas intenções, saberemos que estamos vivendo na integridade. Não precisamos nos preocupar com as línguas dos homens nem dos Anjos; o importante é fazermos tudo o que fazemos por amor, com amor e no amor. Eu quisera que cada um dos quais adentrassem neste blog, possam receber uma graça e uma benção especial para viver bem o AMOR VERDADEIRO. Isto é e será suficiente. “Que Deus seja louvado e amado hoje e sempre”. AMÉM!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s