O Ministério da Reconciliação

II Cor 5, 14- 21

12f84-papa

14 O amor de Cristo é que nos impulsiona, quando consideramos que um só morreu por todos, e conseqüentemente todos morreram. 15 Ora, Cristo morreu por todos, e assim, aqueles que vivem, já não vivem para si, mas para aquele que por  eles morreu e ressuscitou. 16 Por isso, doravante não conhecemos mais ninguém pela aparência. Mesmo que tenhamos conhecido Cristo segundo as aparências, agora já não o conhecemos assim. 17 Se alguém está em Cristo, é nova criatura. As coisas antigas passaram; eis que uma realidade nova apareceu. 18 Tudo isso vem de Deus, que nos reconciliou consigo por meio de Cristo, e nos confiou o ministério da reconciliação. 19 Pois era Deus quem reconciliava com ele o mundo por meio de Cristo, não levando em conta os pecados dos homens e colocando em nós a palavra da reconciliação. 20 Sendo assim exercemos a função de embaixadores em nome de Cristo, e é por meio de nós que o próprio Deus exorta vocês. Em nome de Cristo, suplicamos: reconciliem-se com Deus. 21 Aquele que nada tinha a ver com o pecada, Deus o fez pecado por causa de nós, a fim de que por meio dele sejamos reabilitados por Deus.

“Os inimigos de Paulo dizem que ele não é apóstolo porque não foi testemunha ocular da vida terrestre de Jesus, nem lhe conheceu as palavras e atos. Por isso, não pode ser testemunha do Evangelho. No entanto o apóstolo mostra que o Evangelho não é simples história de Jesus, e sim o anúncio de sua morte e ressurreição, que restaura a condição humana, vence a alienação causada pelo pecado e inaugura nova era. A cruz de Jesus Cristo anuncia o fim da inimizade com Deus e inaugura a era da reconciliação, Deus escolheu apóstolos para exercer o ministério da reconciliação. Por meio deles, o Senhor Jesus continua sua atividade na terra e convoca todos os homens: “reconciliem-se com Deus”.

REFLEXÃO:

                  Amados irmãos e irmãs em Jesus Cristo; esta nova era da reconciliação é o momento mais divino que o nosso Deus poderia ter manifestado através de Jesus Cristo aos homens. Isto é; quanto mais pecadores somos, se buscarmos a fonte da regeneração, através a sacramento da confissão  estaremos nos reconciliando com o Pai Eterno. Parece-nos um tanto difícil, porém, a graça do Deus humanado vai de uma maneira nova trazendo-nos vida nova; como no dia do nosso Batismo. As coisas fáceis do mundo não nos ajudarão em nada, ao contrário nos jogará cada vez mais no fundo do lodo; numa atitude de humildade, veremos o quanto Deus nos preparou este momento que vem nos lavando nas águas cristalinas do lado aberto de nosso Senhor Jesus Cristo. A Cruz de Jesus anunciou o fim da inimizade de Deus com os homens; inaugurando a era da reconciliação, convocando todos os homens de maneira muito especial: “Reconciliem-se com Deus”. Que dos céus derramem uma chuva de bênçãos sobre todos aqueles que adentrarem neste blog hoje. Amém.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s