A GRAÇA NÃO TEM LIMITES

Efésios, 1,3-14

de-graca

3 Bendito seja o Deus e Pai de Nosso Senhor  Jesus Cristo: 4 Ele nos abençoa com toda benção espiritual, no céu, em Cristo antes de criar o mundo para que sejamos santos e sem defeito diante dele, no amor. 5  Ele nos predestinou para sermos seus filhos adotivos por meio de Jesus Cristo, conforme a benevolência de sua vontade, 6 para o louvor da sua glória e da graça que ele derramou abundantemente sobre nós por meio de seu Filho querido. 7 Por meio do sangue de Cristo é que fomos libertos e nele nossas faltas foram perdoadas,  conforme  a riqueza da sua graça. 8  Deus derramou sobre nós essa graça, abrindo-nos para toda sabedoria e inteligência. 9 Ele nos fez conhecer o mistério da sua vontade, a livre decisão que havia tomado outrora 10 de levar a história à sua plenitude, reunindo o universo inteiro, tanto as coisas celestes como as terrestres, sob uma só Cabeça Cristo. 11 Em Cristo recebemos nossa parte na herança, conforme o projeto daquele que tudo conduz segundo a sua vontade: fomos predestinados 12 a ser o louvor da sua glória, nós, que já antes esperávamos em Cristo. 13 Em Cristo, também vocês ouviram a Palavra da verdade, o Evangelho que os salva. Em Cristo, ainda, vocês creram, e foram marcados com o selo do Espírito prometido, o Espírito Santo. 14 que é a garantia da nossa herança, enquanto esperamos a completa libertação do povo que Deus adquiriu para o louvor da sua glória.

“O apóstolo Paulo desenvolve um hino de louvor em forma de “benção” freqüentemente no Antigo Testamento. O Louvor é uma resposta do homem ao Deus que se manifesta através de um ato de salvação ou mediante a revelação de um mistério. Deus Pai é o sujeito e a fonte de toda a ação criadora e salvadora. E tudo o que Deus Pai realiza no homem e no mundo, ele o faz mediante o seu Filho Jesus Cristo: escolhe, liberta, reúne tudo em Cristo, entrega a herança prometida e concede o dom do Espírito Santo. A expressão “para o louvor da sua glória” mostra que o sentido último da vida humana é louvar a Deus. O louvor é, portanto ato de consciência: declarando Deus como o único absoluto, o homem reconhece que as criaturas são relativas. O louvor cabe somente a Deus O mistério é o projeto com que Deus se propõe levar a história à sua plena realização, reunindo em Cristo tudo o que existe”.

REFLEXÃO: Se faz percebido que as bênçãos de Deus para com os homens e mulheres, amados irmãos e irmãs, são sem limites, pois Ele nos abençoou com toda benção espiritual no céu, em Cristo. É exatamente pela plenitude destas graças foi que o apóstolo desenvolveu um hino de louvor em forma de bênçãos; Este hino de louvor foi uma resposta de Paulo ao Deus Soberano, que se manifesta de um ato de salvação ou mediante a revelação de um grandioso mistério. Vimos também que tudo o que Deus realiza no homem e no mundo, Ele o fez mediante o Teu Filho Jesus Cristo, escolhe, liberta, reúne tudo em Cristo, entrega a herança prometida e concede o dom do Espírito Santo. Que o Deus da Paz e das misericórdias vem derramando esta graça benfazeja a todos os homens e mulheres que CRÊ neste grandioso mistério de um Deus feito Homem. Que o nosso Deus seja eternamente louvado, adorado e amado até no coração daqueles que se acham ridículos. Assim seja!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s