O julgamento de Deus

2ª C. Aos Tessalonicenses 1, 5- 12

Volta-55

5 Essas provas são o sinal do justo julgamento de Deus: elas existem para que vocês se tornem dignos do Reino de Deus, pelo qual estão sofrendo, 6 Deus fará o  que é justo: vai mandar tribulações para aqueles que os oprimem, 7 e a vocês, que são agora oprimidos, como também a nós, ele dará descanso, quando o Senhor Jesus se manifestar. Ele virá do céu com seus anjos poderosos, 8 em meio a uma chama ardente. Virá para vingar-se daqueles que não conhecem a Deus e não obedecem ao Evangelho do Senhor Jesus. 9 O castigo deles será a ruína eterna, longe da face do Senhor e longe do esplendor da sua majestade. 10 Nesse dia, o Senhor virá para ser glorificado na pessoa de seus santos e para ser admirado em todos aqueles que acreditaram. E vocês acreditaram em nosso testemunho! 11 É também por isso que rezamos continuamente por vocês, a fim de que o nosso Deus os torne dignos do chamado que lhes dirigiu. Rezamos também para que Deus, com seu poder os faça realizar todo bem que desejam e dinamize o trabalho da fé que vocês têm. 12 Desse modo, o nome do Senhor Jesus será glorificado em vocês e vocês também serão glorificados nele, conforme a graça do nosso Deus e do Senhor Jesus Cristo.

“Também nesta carta Paulo inicia com os fundamentos da vida cristã: o crescimento na fé e no amor. Não fala explicitamente da esperança, mas ressalta a firmeza que os cristãos precisam ter diante das perseguições. A esperança dá a tônica de toda a carta, e é apresentada como a virtude que desacomoda e que incentiva o espírito de luta, na certeza da vitória. Sobre a tribulação, cf. nota em Rm 5,1-11.

REFLEXÃO:

                 Amados irmãos e irmãs em Jesus Cristo. O apóstolo Paulo quando se dirige aos cristãos Tessalonicenses deixa algo muito consolador, caso você venha sofrer qualquer tribulação por causa de alguém saiba que, Deus mandará tribulações para aqueles que os oprimem. Nesta carta, o apóstolo mostra a esperança que dá a tônica de toda a carta, e é apresentada como a virtude que desacomoda e que incentiva o espírito de luta, na certeza da vitória. Rezemos então irmãos e irmãs a fim de que toda a luta, todo o sacrifício, todo o sofrimento possamos realizar com dedicação a todas as obras de caridade, sobretudo quando a mesma for realizada em Nome de Jesus Cristo; toda caridade, deve expandir o verdadeiro amor pelos irmãos mais necessitados. Rezemos para que nosso Deus nos capacite a vivenciar este amor na luta por aqueles que estão morrendo de fome e desabrigados em muitos lugares do mundo. Que nosso Deus seja amado glorificado e adorado, pela esperança apresentada como virtude que desacomoda e que nos incentiva o espírito de luta, na certeza da vitória. Assim seja!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s