Solene compromisso com Deus

1ª Pedro 3,18-22

8722674_i0QZZ

18 De fato, o próprio Cristo morreu uma vez por todas pelos pecados, o justo pelos injustos, a fim de os conduzir a Deus. Ele sofreu a morte em seu corpo, mas recebeu vida pelo Espírito. 19 Foi então que ele proclamou a vitória, inclusive para os espíritos aprisionados; 20 falo das pessoas  que foram rebeldes  outrora, nos tempos de Noé, quando Deus demorava para  castigar   o mundo. Enquanto isso, Noé construía a arca, na qual somente oito pessoas foram salvas por meio da água. 21 Aquela água representava o batismo que agora salva vocês; não se trata de limpeza da sujeira corporal, mas do compromisso solene de uma boa consciência diante de Deus, mediante a ressurreição de Jesus Cristo. 22 Ele subiu ao céu e está sentado à direita de Deus, após ter submetido os anjos, as dominações e os poderes.

“Diante do sofrimento, o modelo sempre é a morte de Jesus, através do qual se realizou o ato definitivo da salvação. Pedro compara duas situações: o tempo de Noé e o tempo dos cristãos. No tempo de Noé foi salvo um pequeno grupo de justos, ao passo que a maioria pereceu. Com a descida de Jesus à mansão dos mortos, também eles tiveram que se confrontar com o Evangelho. No tempo dos cristãos, igualmente existe um grupo menor de batizados, e a maioria ainda não se converteu. Agora, o testemunho dos batizados deve fazer com que os não-convertidos se confrontem com o Evangelho.

REFLEXÃO:

                Amados irmãos e irmãs em Jesus Cristo. Sabemos muito bem que Jesus Cristo o Filho de Deus, morreu por nossos pecados; sim, por todos sem distinção de raça, cor sexo, pobreza, poder, sim foi para todos. O amor misericordioso de Jesus vai muito mais além do que a nossa imaginação. Caso as suas criaturas, vão daqui para ali, procurando o que não são; caminhos obscuros, caminhos de pedregulho, estradas largas, em fim todos procuram o que é mais cômodo para si. De outro lado, Jesus está sempre presente esperando quando você e eu vamos à busca do verdadeiro caminho que nos conduz a casa celeste; isto é o Paraíso. Caso eu não aceito o chamado de Jesus Cristo o Filho de Deus, Ele respeita o meu livre arbítrio, e espera com amor de Pai, como o caso do Filho Prodigo, que depois de esbanjar tudo se humilha e retorna a casa do Pai. Que a nossa reflexão de hoje nos leve a meditar e decidir o que eu estou querendo nesta caminhada que Deus pode confiar muitas coisas grandes em mim. Que Deus venha em nosso socorro, dando-nos a graça de estado para podermos caminhar rumo à Casa Celeste. Assim seja! Amém!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s