O poder político absolutizado é o Anticristo

Apocalipse 13, 1-8

400px-Siemiradski_Fackeln1 Vi, então, uma Besta que subia do mar; Tinha dez chifres e sete cabaças. Em cima dos chifres havia dez diademas, e nomes blasfemos sobre as cabeças. 2 A Besta que eu vi parecia uma pantera. Os pés eram de urso, e a boca era de leão. O dragão entregou para a Besta o seu poder, o seu trono e uma grande autoridade. 3 Uma das cabeças da besta parecia ferida de morte, mas a ferida mortal foi curada. A terra inteira se encheu de admiração e seguiu a besta, 4 e adorou  o dragão por ter entregue a autoridade à besta. E adoraram também a besta dizendo: “Quem é como a besta? E quem pode lutar contra ela?” 5 A besta recebeu uma boca para dizer insolências e blasfêmias. Recebeu também poder para agir durante quarenta e dois meses. 6 Então a besta abriu a boca em blasfêmias contra Deus, blasfemando contra seu Nome e sua morada santa e contra os que moram no céu. 7 Foi permitido a ela guerrear contra os santos e vencer. Recebeu autoridade sobre toda tribo, povo, língua e nação. 8 Então todos os habitantes  da terra adoraram a besta. Mas o nome deles não está escrito desde a criação do mundo no livro da vida do Cordeiro Imolado.

“A besta é o poder político absolutizado, isto é, os poderes totalitários, ditatoriais e opressores. Na época de João, trata-se de Roma, às margens do mar Mediterrâneo. Blasfemar é tomar coisas ou pessoas humanas como divinas; usurpando títulos honoríficos e divinos é que os poderosos afirmam sua autoridade e oprimem os homens. A besta é uma superpotência, pantera, urso, leão. Ela é agente do mal, que lhe dá todo o poder. O dragão e a besta são uma paródia do Deus que entrega o domínio da história a Jesus Cristo ressuscitado.

REFLEXÃO:

Amados irmãos e irmãs em Jesus Cristo. Vemos na simbologia do dragão e da besta, o poder, o trono e a autoridade; quem é a besta? Quem tem poder para lutar contra ela? Aqui vai entrar tudo o que é do mal, assim mesmo há pessoas que dizem que não existem pessoas do mal. Segundo este livro do Apocalipse, este dragão recebe autorização para perseguir, tentar e matar aqueles que fazem parte do povo de Deus. Onde está o mal? Onde há uma pessoa fazendo o bem; verás logo que o mal aproxima, pois tudo o que é do mal já lhe pertence. Não há, mal contra mal; o que existe é o mal contra o bem. A partir de Jesus Cristo e da sua ressurreição é que o bem, ou seja, as pessoas do bem são protegidas pelo Senhor Ressuscitado. Peçamos ao nosso bom Deus a graça de participar do grande Exercito da Misericórdia, assim estaremos bem distantes dos dragões maléficos. Que Deus seja louvado, adorado, amado hoje e sempre. Assim seja! Amém!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s