O Grande Dia da Consumação Final

Apocalipse 17,1-6

Babilonia1O MISTÉRIO DO MAL

1 Um dos Anjos das sete taças veio me convidar: “Venha! Vou-lhe mostrar como será julgada a grande prostituta, que está sentada a beira de muitas águas. 2 Os reis da terra se prostituíram com ela. Os habitantes da terra ficaram bêbados com o vinho da sua prostituição”. 3 E o Anjo me levou em espírito até o deserto. Aí eu vi uma mulher sentada sobre a besta de cor escarlate, cheia de títulos blasfemos. A besta tinha sete cabeças e dez chifres. 4 A mulher usava vestido cor de púrpura e escarlate. Estava toda enfeitada de ouro, pedras preciosas e pérolas. Tinha na mão um cálice de ouro cheio de abominações, que são impurezas de sua prostituição.  5 Na fronte da mulher estava escrito um nome misterioso: “Babilônia, a Grande, a mãe das prostitutas e das abominações da terra.” 6 Reparei que a mulher estava embriagada com o sangue dos santos e com o sangue das testemunhas de Jesus.

A prostituição é símbolo de uma cidade idolátrica. Na época, trata-se de Roma, aqui apresentada como Babilônia, a capital da idolatria e do vício. Ela está sentada sobre a besta escarlate, cor do triunfo para os romanos. Os nomes dos blasfematórios são títulos divinos com que o imperador assegura o próprio poder. A aparência da prostituta é suntuosa e o que ela tem a oferecer é a idolatria (prostituição) e os vícios degradação humana valores relativos apresentados como absolutos. Seu crime supremo é perseguir e matar todos aqueles que não aceitam adorar o poder político absoluto, nem se enganam com as propagandas ideológicas”.

REFLEXÃO:

Amados irmãos e irmãs em Jesus Cristo. Vai cada vez mais se tornando nítida a simbologia apresentada no livro do Apocalipse, sempre houve e haverá a perseguição daqueles que querem seguir uma vida de integridade, uma vida de honestidade, uma vida transparente diante do Supremo Criador, o nosso Deus. Não podemos mais viver de aparências, enganando; mesmo quando perseguidos e mortos por não aceitarem adorar poderes políticos e blasfemadores. Precisamos conhecer ou pedir a Deus o dom da ciência e da sabedoria para bem discernir o que é bom e agradável ao Senhor Deus; assim, caminharemos naquele caminho estreito, porém aquele caminho que nos conduz ao Paraíso Celeste. Evitando sempre mais a vivência dos blasfemadores. O Nome de Deus é Santo, não ousamos a blasfemá-lo, que a Suas bênçãos e graças estejam sempre envolvendo a todos aqueles que querem Adorá-Lo, amá-Lo e Glorificá-Lo Assim seja! Amém!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s