A Humanidade, Ponto Alto da Criação

Genesis 1, 1-16

Earth_Water's_separation1 No princípio, Deus criou o céu e a terra. 2 A terra estava sem forma e vazia; as trevas cobriam o abismo e um vento impetuoso soprava sobre as águas. 3 Deus disse: “Que exista a luz!” E a luz começou a existir. 4 Deus viu que a luz era boa. E Deus separou a luz das trevas; 5 a luz Deus chamou “Dia”, e às trevas  chamou “Noite”. Houve uma tarde e uma manhã: foi o primeiro dia. 6 Deus disse: “Que exista um firmamento no meio das águas para separar águas de águas”! 7 Deus fez o firmamento para separar as águas que estão acima do firmamento das águas que estão abaixo do firmamento. E assim se fez. 8 Deus chamou ao firmamento “Céu”. Houve uma tarde e uma manhã: foi o segundo dia. 9 Deus disse: “Que as águas que estão debaixo do céu se ajuntem num só lugar, e apareça o chão seco”. E assim se fez. 10 E Deus chamou ao chão seco “Terra”, e ao conjunto das águas “Mar”. E Deus viu que era bom. 11 Deus disse: “Que a terra produza relva, ervas que produzam semente, e árvores que dêem frutos sobre a terra, frutos que contenham semente, cada uma segundo a sua espécie”. E assim se fez. 12 E a terra produziu relva, ervas que produzem semente, cada uma segundo a sua espécie, e árvores que dão fruto com a semente, cada uma segundo a sua espécie. E Deus viu que era bom, 13 Houve uma tarde e uma manhã: foi o terceiro dia. 14 Deus disse: “Que existam luzeiros no firmamento do céu, para separar o dia da noite e para marcar festas, dias e anos; 15 e sirvam de luzeiros no firmamento do céu para iluminar a terra”. E assim se fez. 16 E Deus fez os dois grandes luzeiros: o luzeiro maior para regular o dia, o luzeiro menor para regular a noite, e as estrelas.

“A narrativa da criação não é um tratado científico, mas um poema que contempla o universo como criatura de Deus. Foi escrito pelos sacerdotes no tempo do exílio na Babilônia (586-538 a.C) e procura salientar vários pontos. Primeiro, que existe um único Deus vivo e criador. Segundo, que a natureza não é divina, nem está povoada por outras divindades.

REFLEXÃO:

Amados irmãos e irmãs em Jesus Cristo.  Esta narrativa é a beleza Criadora de Deus, desde o inicio há uma visão longínqua da beleza Redentora em Jesus Cristo. Tudo o que Deus vai criando para o bem estar da humanidade é maravilhoso, e belo, é magnífico, desde então faz percebido esta presença de Deus junto a sua criatura. Desde toda eternidade o coração de Deus bate acelerado pelo bem maior da humanidade, tudo foi feito de uma maneira inexplicável e de um amor misericordioso que foi consumado no amor de Jesus no alto da cruz. Por essa razão inexplicável somos a cada momento convidados a sermos criaturas amadas, fieis, integras, honestas, para correspondermos assim o amor infinito do Deus do Amor e da Paz. Que Deus seja hoje e sempre amado, glorificado e adorado por nós, certos de que fazemos parte do povo predileto deste mesmo Deus. Assim seja! Amém!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s