Estamos pagando o que fizemos com nosso irmão

Gênesis 42, 18-28

os-irmaos-de-jose-vao-comprar-no-egito18 Três dias depois, José disse a eles: “Eu temo a Deus; por isso vocês farão o seguinte para salvar a vida: 19 se vocês são sinceros, que um de vocês fique aqui preso e os outros irão levar os mantimentos para suas famílias que passam fome. 20 Depois, vocês vão me trazer o seu irmão mais novo: assim provarão que estão dizendo a verdade, e não morrerão”. Eles aceitaram 21 e começaram a dizer entre si: “Estamos pagando o que fizemos com o nosso irmão; nós vimos a sua aflição quando ele nos suplicava por piedade, e não fizemos caso. Por isso é que está acontecendo para nós essa desgraça”. 22 Rúben interveio: “Eu não disse para vocês não cometerem uma falta contra aquele menino? Mas vocês não me ouviram, e agora estão nos pedindo conta do sangue dele”. 23 Eles não sabiam que José entendia o que eles estavam falando, pois entre José e eles havia um intérprete. 24 Então José se afastou deles e chorou. Depois voltou e conversou com eles. Em seguida escolheu Simeão e o mandou acorrentar na presença deles. 25 José deu ordem para encher suas sacas de trigo e que pusessem nas sacas o dinheiro que eles haviam pago, e lhes fornecessem provisões para o caminho. E assim foi feito. 26 Eles carregaram as provisões sobre os jumentos e partiram. 27 De noite, no acampamento, um deles abriu a saca de trigo para dar forragem a seu jumento, e viu que o dinheiro estava na boca da saca de trigo. 28 Então ele disse aos irmãos: “Devolveram o meu dinheiro! Está aqui na saca de trigo”. Cheios de medo eles se entreolharam tremendo, e disseram: “Que é isso que Deus fez conosco?”

“Simeão foi escolhido por ser o segundo filho, pois José fica sabendo que Rúben, o mais velho, não era culpado.”

Reflexão

Amados irmãos e irmãs em Cristo. Como é bela a história de José e quantas lições de vida nos dá. Na passagem de hoje vemos que José procura saber se seus irmãos realmente mudaram e faz bom uso da sabedoria que Deus lhe deu, pois a maneira como faz com seus irmãos permite que eles reconheçam o mal que praticaram no passado, e reconheçam o sofrimento que infligiram a ele. Eles chegam a sentir que estavam pagando aquilo que eles tinham feito; José por sua vez dessa maneira também consegue distinguir quem realmente tinha culpa nos seus sofrimentos, e isenta assim seu irmão Rúben de uma aflição ainda maior e não prende a ele, mas sim o mais velho entre aqueles que eram culpados, Simeão. Vejamos irmãos, José não usa o poder para punir ou se vingar, apenas para descobrir se houve uma mudança nos sentimentos egoístas de seus irmãos, tanto que chega a devolver o dinheiro usado por eles, o que acabou por assustá-los ainda mais deixando-os sem entenderem nada. Hoje deixo o convite para deixarmos de lado todo e qualquer tipo de vingança. Pois ela só leva a destruição, e nós não precisamos ser fortes para nos vingar; ao contrário precisamos ser fortes para perdoar. Peçamos a Deus a sabedoria para discernir o bem e o mal; e força para perdoar sempre e assim nos tornarmos verdadeiros filhos de Deus a exemplo de Jesus Cristo. Deus abençoe a todos. Amém.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s