Últimas Disposições de Jacó

Gênesis 47,27-31 e 48,1-6

descarga_ 27 Israel estabeleceu-se na terra do Egito, na região de Gessen. Aí adquiriu propriedades, multiplicou-se e tornou-se muito numeroso. 28 Jacó viveu dezessete anos no Egito, e a duração de sua vida foi de cento e quarenta e sete anos. 29 Quando chegou para Israel à hora da morte, ele chamou seu filho José e lhe disse: “Se tenho o seu afeto, coloque sua mão debaixo de minha coxa e prometa tratar-me com amor e fidelidade; peço-lhe que não me enterre no Egito. 30 Quando eu descansar com meus pais leve-me do Egito e me enterre no túmulo deles”. José respondeu: “Farei o que o senhor está pedindo”. 31 Seu pai insistiu: “Jure-me”! E José jurou. Então Israel inclinou-se na cabeceira da cama. 1_Depois disso, disseram a José: “Seu pai está doente”. Então José tomou consigo seus dois filhos Manassés e Efraim. 2 Disseram a Jacó: “Aqui está seu filho José que veio visitá-lo.” Israel fez um esforço e sentou-se na cama. 3 Então Jacó disse a José: “O Deus Todo Poderoso me apareceu em Luza, na terra de Canaã. Ele me abençoou, 4 e disse: “Eu o tornarei fecundo e o multiplicarei, até que chegue a ser uma assembléia de povos. E a seus descendentes eu darei esta terra como posse perpétua. Agora, os dois filhos que nasceram de você no Egito antes que eu viesse para morar com você, serão meus filhos. Efraim e Manassés serão para mim como Rubem e Simeão. 6 Os que nascerem depois deles pertencerão a você, e receberão a herança em nome de seus irmãos.

“O texto é uma combinação de tradições para explicar varias coisas, projetando-as no passado para apresentá-las como disposições de Jacó: por que Manassés e Efraim, filhos de José se tornaram antepassados de duas tribos?”

REFLEXÃO:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo. Queridos irmãos e irmãs, como é maravilhoso termos feito uma caminhada com a história de José, podemos ver que muitas coisas que acontecem hoje, já aconteceram no passado, o mais importante é perseverar no bem, buscar uma vida de honestidade, uma vida de integridade, uma vida na obediência à vontade do Senhor Deus. Isto nós veremos através da atitude a qual nós assumimos; na medida em que fazemos o bem aos que sofrem sem interesse, e sim por que é filho do mesmo Deus; então veremos, Deus nos dará momentos de alegria, momentos de paz, e tudo o que vamos adquirindo em nossa vida tem a ver com o amor com o qual usaremos com aqueles que sofrem. Hoje em dia não sabemos calar para ouvir, vivemos segundo os meios sofisticados dos mais modernos meios de comunicação e não paramos para ouvir o outro; a sua doença, a sua tristeza, as suas decepções muitas vezes causadas por nós. Que o nosso Deus possa nos dar a graça de calar-nos para poder escutar, ouvir aqueles que são carentes de atenção até mesmo de um irmão ou irmã da nossa própria família. Que as bênçãos e as graças de nosso Deus paire sobre todos vocês que adentrarem neste blog neste dia. PAZ E MISERICÓRDIA!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s