A vida dentro da casa do opressor

Êxodo 2,1-10

2734429592_8ccd509df11 Um homem da tribo de Levi casou-se com uma mulher da mesma tribo: 2 Ela concebeu e deu à luz um filho. Vendo que era belo, escondeu-o por três meses. 3 Quando não pôde mais escondê-lo, pegou um cesto de papiro, vedou-o com betume e piche, colocou dentro a criança, e a depositou sobre os juncos na margem do rio. 4 A irmã da criança observava de longe para ver o que aconteceria. 5 Nesse momento, a filha do Faraó desceu para tomar banho no rio, enquanto sua servas andavam pela margem. Ela viu o cesto entre os juncos e mandou a criada apanhá-lo. 6 ao abrir o cesto, viu a criança: era um menino que chorava. Ela se compadeceu e disse: “É uma criança dos hebreus!” 7 Então a menina disse à filha do Faraó: “A senhora quer que eu vá chamar uma hebréia para criar este menino?” 8 A filha do Faraó respondeu: “Pode ir”. A menina foi e chamou a mãe da criança. 9 Então a filha do Faraó disse para a mulher: “Leve este menino, e o amamente para mim, que eu lhe pagarei”. A mulher recebeu o menino e o criou. 10 Quando o menino cresceu, a mulher o entregou à filha do Faraó, que o adorou e lhe deu o nome de Moisés, dizendo: “Eu o tirei das águas”.

“A vida está presente até dentro da casa do opressor: a compaixão da filha do Faraó, aliada á coragem da mãe hebréia, preservam à vida daquele que será o líder da libertação.”

Reflexão:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo. Amados irmãos e irmãs em Cristo. Se prestarmos atenção nesta passagem veremos que não dá para impedir os planos de Deus. Pois vemos que já no livro do Gênesis Deus deu à Abraão a terra prometida, mas também já o avisou que seus descendentes seriam escravos por algum tempo até que Ele os libertasse, o Faraó por sua vez temendo que o povo hebreu se libertasse da escravidão e fosse embora do País, passa a oprimi-los cada vez mais, no entanto Deus dá coragem à mãe de Moisés para que ele não morresse logo após ter nascido e usa também da própria filha do Faraó para permitir que aquele que Ele havia escolhido sobrevivesse. Assim irmãos e irmãs perceberam que o projeto de Deus sempre se realiza, as dificuldades que aparecem em nossas vidas embora não conseguimos perceber fazem parte deste projeto de amor do Pai por nós, pensemos bem se o povo vivesse bem no Egito, de maneira nenhuma iriam querer sair de lá, assim nós também se nossa vida correr de acordo com nossa vontade, porque nos preocuparíamos em rezar? Normalmente rezamos muito mais quando estamos em dificuldades e nós lançamos mais facilmente nos braços de Deus. Não é fácil, mas se faz necessário para nossa salvação. Peçamos, portanto a graça da virtude da esperança, para não desanimarmos com as dificuldades, mas tenhamos ânimo e veremos a vitória que está logo após este obstáculo que apareceu à nossa frente. Deus abençoe a todos com a fortaleza e a coragem para superarmos os desafios da vida. PAZ E MISERICÓRDIA!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s