Encontro com Deus   

Êxodo 19,16-25

0_povosinai_02

_16 Três dias depois, pela manhã, houve trovões e relâmpagos, e uma nuvem espessa desceu sobre a montanha enquanto o toque da trombeta soava fortemente. O povo que estava no acampamento começou a tremer. 17 Então Moisés tirou o povo do acampamento para receber Deus. E eles se colocaram ao pé da montanha. 18 Toda a montanha do Sinai fumegava, porque Javé tinha descido sobre ela no fogo; a fumaça subia, como fumaça de fornalha. E a montanha toda estremecia. 19 O som da trombeta aumentava cada vez mais, enquanto Moisés falava e Deus lhe respondia com o trovão. 20 Javé desceu no topo da montanha do Sinai e chamou Moisés lá para o alto. Quando Moisés subiu, 21 Javé lhe disse: “Desça e avise o povo que não ultrapasse os limites para ver a Javé. Caso contrario, muitos deles morreriam. 22 Mesmo os sacerdotes que se aproximarem de Javé, devem purificar-se, para que Javé não se volte contra eles.” 23 Moisés disse a Javé: “O povo não poderá subir a montanha do Sinai, porque tu mesmo nos mandaste traçar um limite para marcar a montanha sagrada”. 24 Javé insistiu: “Vá, desça, e depois suba com Aarão. Os sacerdotes e o povo, porém não devem ultrapassar os limites, para subir onde esta Javé, o qual se voltaria contra eles”. 25 Então Moisés desceu até o povo e o avisou.

“No momento da aliança, o povo tem uma experiência de Deus. De per si, essa experiência é indescritível; para exprimi-la, recorre-se a uma série de sinais externos que expressam a manifestação de Deus: fumaça, fogo, relâmpago, trovão, tremor de terra”.

REFLEXÃO:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo. Amados irmãos e irmãs, vimos o tempo em que o povo de Deus levou para fazer uma aliança com Deus; o tempo que eles levaram para chegar a uma experiência deste Deus AMOR. Deus pensou em tudo, até mesmo traçou o Seu limite em que aquele povo deveria ter com Ele. Caso o povo não obedecesse e ultrapassasse o limite dado por Deus morreria. Foi algo muito solene, no momento exato a trombeta toca forte para avisá-los que Deus falaria a Moisés e todo o povo O escutaria. Para eles houve vários sinais, aí eles saberiam que o Senhor Deus estaria presente. Vimos quais foram os sinais da manifestação de Deus: A fumaça, o fogo, o relâmpago, o trovão, e o tremor de terra. Hoje já não temos mais a necessidade de que o Nosso Deus se faça presente através de sinais. Todos os sinais já foram dados. Para nós o maior sinal foi Deus enviar o seu próprio Jesus Cristo, seu Filho muito amado, prova máxima da presença e do Amor Misericordioso de Deus. Que Ele nos dê a graça da fidelidade, da integridade, da transparência, assim estaremos sempre na presença do Deus Amor. PAZ E MISERICÓRDIA!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s