NORMAS PARA ADMINISTRAR A JUSTIÇA

Êxodo 23,1-9

voprosyi-i-ruki-obrezannyie_1 Não faças declarações falsas e não entre em acordo com o culpado para testemunhar em favor de uma injustiça. 2 Não tome o partido dos poderosos para fazer o mal. E, num processo, não preste depoimento inclinando-se em favor dos poderosos, a fim de torcer o direito; 3 nem favoreça o poderoso em seu processo. 4 Se você encontrar, extraviados, o boi ou jumento do seu adversário, leve-os ao dono. 5 Se você encontrar o jumento do seu adversário caído debaixo da carga, não se desvie, mas ajude a erguê-lo. 6 Não torça o direito do necessitado em seu processo. 7 Afaste-se da acusação falsa: não faça morrer o inocente e o justo, nem absolva o culpado. 8 Não aceite suborno, porque o suborno cega quem tem os olhos abertos e perverte até as palavras dos justos. 9 Não oprima o imigrante: vocês conhecem a vida do imigrante, porque vocês foram imigrantes no Egito.

“Estas leis são aplicações do oitavo mandamento e orientam na administração da justiça em tribunais, onde muitas vezes o poderoso prevalece, torcendo o direito contra o pobre e o inocente. O adversário é a pessoa com quem se trava uma causa judicial. O povo deve respeitar aqueles que vivem na mesma situação que ele viveu no passado”.

REFLEXÃO:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo. Amados irmãos e irmãs, não devemos fazer falsas declarações nem entremos de acordo com o culpado; o que precisamos é viver na integridade de coração e nunca testemunhar a injustiça. Quem acusa falsamente o irmão será punido, não faça o mal ao irmão e nem as coisas que lhe pertence, pois o suborno cega quem tem os olhos abertos e perverte até as palavras do justo. O que vimos neste texto corresponde com o oitavo Mandamento da Lei de Deus. Vimos no texto, que se encontrarmos o animal do adversário caído, não devemos deixar ali caído e seguir em frente, devemos erguê-lo, então o que devemos fazer ao próprio adversário? Que o Senhor Deus nos dê a graça divina de poder acolher bem até aquele que nos fez ou nos desejou o mal, do contrário estamos sendo meros conhecedores da lei. E não viveremos segundo a santa vontade de Deus. O que se faz necessário é buscarmos conhecer bem os Mandamentos da Lei de Deus, assim viveremos bem a justiça. PAZ E MISERICÓRDIA!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s