Para governar é preciso ouvir

1ª Reis 3,4-15

634 rei foi a Gabaon para oferecer sacrifícios, porque esse lugar alto era o mais importante de todos. E Salomão ofereceu mil holocaustos sobre esse altar. 5  Em Gabaon, durante a noite, Javé apareceu  em sonhos a Salomão. Deus lhe disse: “Peça. O que lhe posso dar?” Salomão respondeu: “Tu demonstraste grande amor para com o teu servo Davi, meu pai, porque, diante de ti, ele caminhou na fidelidade, na justiça e na retidão de coração para contigo. Tu guardaste para com ele esse grande amor e lhe deste um filho que hoje se assenta no trono dele. 7 Agora, Javé meu Deus, és tu que fazes teu servo reinar no lugar de meu pai Davi. Eu sou bem jovem e não sei como governar. 8 O teu servo  se encontra no meio do teu povo que escolheste, povo numeroso que não se pode contar nem calcular, de tão grande que é. 9 Ensina-me  a ouvir, para que eu saiba governar o teu povo e discernir entre o bem e o mal. Pois quem poderia governar esse teu povo tão numeroso?” 10 Agradou ao Senhor que Salomão tivesse pedido essas coisas. Então Deus disse para ele: “Porque você pediu isso, e não vida longa para você, nem riquezas, nem a morte de seus inimigos, mas discernimento para ouvir e julgar, 12 eu farei o que você pediu. Darei a você a mente sábia e inteligente, como ninguém teve antes de você e ninguém terá depois. 13 Eu lhe darei também o que você não pediu: riqueza e fama, de modo que não haverá nenhum rei que se iguale a você, durante toda a sua vida. 14 E se você andar nos meus caminhos, observando meus estatutos e mandamentos, como fez o seu pai Davi, eu lhe darei vida longa”. 15 Então Salomão acordou e percebeu que tudo isso tinha sido um sonho. Foi para Jerusalém e ficou diante da arca de Javé. Em seguida, ofereceu holocausto, sacrifício de comunhão e deu para toda a sua corte um banquete.

“O sonho de Salomão mostra que o grande anseio do povo é ter uma autoridade realmente capaz de discernir e realizar a justiça. Para isso, a principal tarefa da autoridade consiste em saber ouvir. É o requisito básico, não só para resolver questões no tribunal, mas também para o exercício contínuo de um governo justo. Autoridade justa age sempre a partir de assessoramento que lhe permita ouvir as legítimas aspirações e reivindicações do povo. Em outras palavras, a verdadeira função da autoridade é servir ao povo, que pertence a Deus”.

REFLEXÃO:

Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo. Amados irmãos e irmãs, se verdadeiramente o rei Salomão o filho do rei Davi, procurar a exemplo do seu pai buscar uma vida de fidelidade e de lealdade ele irá longe, pois o rei Davi era um homem integro a Deus. E enquanto Salomão buscar ser justo diante do seu povo o Senhor Deus caminhará lado a lado com ele; como já falamos, Deus tem em suas mãos o controle de tudo. Percebemos também que em tudo, onde há retidão de coração, fidelidade e justiça, tudo concorre para a melhor; possibilidade de sucesso, de crescimento, de partilha, de generosidade, e são essas virtudes que alegra o coração de nosso Deus. Peçamos hoje a Deus a graça destas virtudes para bem viver a caminho da Pátria Celeste, pois o nosso destino é o CÉU. PAZ E MISERICÓRDIA!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s