O que mais posso esperar de Javé

2ª Reis 7,1- 12

The four lepers looting the camp of the Syrians“1 Eliseu respondeu: “Escutem a palavra de Javé: Amanhã nesta mesma hora, na porta de Samaria, uma arroba de flor de farinha vai custar onze gramas de prata, e duas arrobas de cevada valerão onze grama”. 2 O escudeiro, no qual o rei se apoiava, disse a Eliseu: “Mesmo que Javé abrisse  janelas no céu, seria possível acontecer isso?” Eliseu respondeu: “Você verá com seus próprios olhos, mas não vai comer nada”. 3 Quatro leprosos que estavam na entrada da cidade comentaram entre si: “Por que ficar aqui esperando a morte? 4 Se resolvermos entrar na cidade, morreremos, porque aí reina a fome. Se ficarmos aqui, vamos morrer do mesmo jeito. Então vamos para o lado do acampamento dos arameus: se nos deixarem viver, viveremos; se eles nos matarem, morreremos”. 5 Ao cair da tarde, eles foram para o acampamento dos arameus e percorreram todo o acampamento. Não havia ninguém aí. 6  O Senhor havia feito escutar, no acampamento dos arameus, barulhos de carros, de cavalos e de grande exercito. Então os arameus disseram. “O rei de Israel deve ter contratado os reis heteus e os reis do Egito para nos atacar!” 7 Ao anoitecer, eles se levantaram e fugiram, abandonando tendas, cavalos, jumentos, e deixando o acampamento como estava. Eles fugiram para salvar a vida. 8 Depois de percorrer o acampamento, os leprosos entraram numa tenda, onde comeram e beberam. Em seguida, pegaram prata, ouro e roupas, e esconderam tudo. Voltaram, entraram em outra tenda, pegou tudo o que encontraram e levaram para o esconderijo. 9 Então comentaram: “Não estamos agindo certo. Hoje é um dia de boas notícias e nós estamos calados! Se esperarmos até amanhã de manhã, seremos castigados. Vamos levar a notícia ao palácio do rei”. 10 Eles foram, chamaram os porteiros da cidade e informaram: “Fomos ao acampamento dos arameus  lá não há ninguém, não se ouve a voz ninguém; há somente cavalos e jumentos amarrados, e as tendas  estão abandonadas!  11 Os porteiros gritaram para dentro e informaram o palácio do rei. 12 Então o rei se levantou à noite e disse a seus oficiais : “Vou explicar a vocês o que os arameus estão tramando contra nós. Eles sabem que estamos passando fome. Por isso, eles saíram do acampamento para se esconder no campo. Então imaginando o seguinte: “Eles vão sair da cidade. Então nós os prenderemos vivos e entraremos na cidade”.

Na situação que nada mais têm a perder. É a partir dos marginalizados, isto é, daqueles que nada mais podem esperar do “status quo”, que se organiza o movimento para encontrar alguma saída. Surge então a novidade de Deus. A solução encontrada, porém, não será a libertação que Deus quer, se a vida não for repartida com todo o povo”.

REFLEXÃO:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo. Amados irmãos e irmãs a nossa reflexão cada dia fica mais forte, isto quando se trata da fé; principalmente dando uma olhada com bons olhos tudo parece-nos um crescimento de fé, de amor e de caridade. O texto nos mostra a libertação que Deus quer isto é a vida partilhada. O melhor de tudo é poder escutar a voz de Deus lhes dando todas as diretrizes como seguir seus caminhos de maneira a viver a paz, a tranqüilidade de que são merecedores os profetas, que Deus os chamaram e eles o atenderam. A alegria do verdadeiro profeta é poder ser integro ao Deus da Paz e das misericórdias. Peçamos ao nosso bom Deus a graça da INTEGRIDADE. Atender no tempo certo o chamado de Deus e lhe ser íntegros. PAZ E MISERICÓRDIA!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s