Unir-se a Deus para agir com eficácia

Judite 9, 1-4, 11-14

prostrado_2_1 Era o momento em que no Templo de Jerusalém acabavam de oferecer o incenso da tarde, Judite colocou cinza sobre a cabeça, tirou as roupas e prostrou-se não chão, vestida apenas com o pano de saco. Levantou a voz e gritou ao Senhor dizendo: 2 “Senhor, Deus de meu pai Simeão, em cuja mão colocaste uma espada, para vingar-se dos estrangeiros que violentaram vergonhosamente uma jovem, tiraram suas roupas para a estuprar, e profanaram o seio dela para sua desonra. E tu havias dito: Não façam isso. Mas eles fizeram. 3 Por isso, entregaste seus chefes à morte. E o leito deles, manchado pelo engano, pelo engano ficou ensangüentado. Feriste os servos junto com os chefes, e os chefes junto com seus servos. 4 Entregaste suas mulheres ao rapto e suas filhas à escravidão. Entregastes seus despojos à partilha, em proveito dos filhos que amavas, e que, ardendo de zelo por ti, abominaram a mancha do sangue deles e invocaram o teu socorro. Deus, meu Deus, ouve esta viúva. 11 Tua força não está no número, nem tua autoridade nos guerreiros. Tu és o Deus dos humildes, o socorro dos oprimidos, o protetor dos fracos, o abrigo dos abandonados, o salvador dos desesperados. 12 Sim, Deus de meu pai, Deus da herança de Israel, Senhor do céu e da terra, Criador das águas, Rei de toda a criação. 13 Ouve a minha súplica, e concede-me falar com sedução, para ferir mortalmente os que planejaram uma vingança cruel contra teus fiéis,  contra tua morada santa, o monte Sião, e a casa de teus filhos. 14 Faze que todo o povo e todas as tribos reconheçam que tu és o único Deus, o Deus de toda força e de todo poder, e que o povo de Israel só tem a ti como protetor”.

“Judite se prepara para agir, e sua oração mostra o ponto central de todo o livro: o confronto entre a força de Deus libertador e o poder dos opressores. De início é relembrado o caso de Dina, porque Judite arriscara a honra pessoal para libertar o seu povo. Sua oração mostra que o Deus de Israel é aquele que toma o partido dos pobres e fracos, e assim manifesta a própria força. Destruindo os poderosos. Estes disfarçam a própria fraqueza atrás de exércitos e armas, que usam para oprimir o povo. A oração de Judite é uma busca de discernimento: ela quer saber como deverá agir. Pede que Deus a torne extremamente sedutora, porque é com a arma da sedução que ela chegará à vitória. Precisa descobrir, através da astúcia, o ponto vulnerável dos opressores, para “feri-los mortalmente”. É assim que o povo conseguira desmontar todo o aparato inimigo e chegar à vitória. Vendo a eficácia da luta dos fracos e pobres todos poderão reconhecer que o Deus invencível está do lado deles, construindo uma história nova”.

REFLEXÃO:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo. Amados e irmãos, mais uma vez, percebemos que o nosso Bom Deus, estará sempre do lado dos pobres, dos fracos e dos humildes; virtudes estas que não nos oferece nada; mas do outro lado quando falamos de Deus; o nosso Deus está do lado dos pobres, fracos e humildes. Também é sabido que quando uma pessoa humilde, pobre e frágil se coloca em prostração diante de Deus, o coração de Deus se explode de misericórdia por ela; principalmente quando ela está intercedendo a Deus por grupos de pessoas que são excluídas, são pobres, fracas, sem teto, sem vez e sem voz. Para chegar à vitória há grande necessidade de ter um coração puro, mãos limpas, retas intenções, para que sua oração chegue ao Trono de Deus, ao Trono da graça. Que Deus nos dê a graça de termos um coração bondoso, caridoso e humilde, assim veremos o poder que tem a ORAÇÃO. PAZ E MISERICÓRDIA!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s