Deus se esconde na força dos fracos

Ester 2, 1-9 e 15-18

 Ester_Biblia_1 Tempos depois, quando se acalmou, o rei se lembrou de Vasti, do que ela fizera e do decreto que havia publicado contra ela. 2  Então os cortesãos disseram ao rei: “Mande procurar jovens solteiras e bonitas. 3 O rei pode nomear comissários em todas as províncias do reino, e eles reunirão todas as jovens solteiras e bonitas no harém  da fortaleza  de Susa. Elas ficarão sob os cuidados de Egeu, eunuco do rei, que lhes dará o necessário para seus enfeites. 4 A jovem que mais agradar ao rei substituirá a rainha Vasti”. A proposta agradou ao rei, e assim se fez. 5 Na fortaleza de Susa vivia um Judeu chamado Mardoqueu, filho de Jair, filho de Semei, filho de Cis, da tribo de Benjamim. 6 Ele fora exilado de Jerusalém, entre os que, tinham sido deportados com Jeconias, rei de Judá, por Nabucodonosor, rei da Babilônia. 7 Mardoqueu tinha criado Hadassa, que é Ester, sua prima, pois ele era órfã de pai e mãe. 8 Promulgado o decreto real, levaram muitas jovens para a fortaleza de Susa. E elas ficaram sob as ordens de Egeu. Levaram também Ester ao palácio, e a deixaram aos cuidados de Egeu, o guarda das mulheres. 9 Egeu gostou da jovem, e lhe deu logo o necessário para seus enfeites e a comida, entregando-lhe  sete escravas, todas escolhidas do palácio real. Depois a transferiu com as escravas para um aposento melhor dentro do harém. 15 Chegou a vez de Ester, filha de Abiail, tio de Mardoqueu, que a adotara como filha, apresentar-se ao rei. Ester, porém, nada pediu. Contentou-se com o que Egeu, eunuco real encarregado das mulheres lhe havia dado. Ester atraía a simpatia de todos os que a conheciam. 16 Foi levada ao palácio real, até o rei Assuero, no décimo mês, o mês de Tebet, no sétimo ano do seu reinado. 17 E o rei preferiu Ester a todas as outras mulheres, tanto que a coroou e a nomeou rainha, no lugar de Vasti. 18 Depois disso o rei deu um grande banquete em honra de Ester, e convidou todos os altos oficiais e ministros. Também concedeu um dia de descanso para todas as províncias, e distribuiu presentes com liberalidade régia.

“Os poderosos compram ou se apossam do que bem entendem, e ter muitas mulheres é sinal de poderio econômico e prestígio social. Ester é órfã e vem do meio dos pobres oprimidos, mas a sua beleza mostra que estes nada ficam a dever diante dos ricos. O nome dela significa provavelmente “a escondida” ou “aquela que esconde”_ talvez para indicar o Deus que se esconde na ação dos fracos, Ester penetra no mais intimo do sistema opressor, já anuncia a intervenção libertadora, que ela vai realizar em favor de todo o seu povo”.

REFLEXÃO:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo. Amados irmãos e irmãs, a pouco percebemos o que Judite conseguiu com a sua beleza, sua integridade e fidelidade, agora veremos o que a Ester, órfã de pai e mãe, vinda do meio da pobreza, porém, a sua beleza mostra que estes nada ficam a dever diante dos ricos. O próprio significado do seu nome quer dizer a escondida, talvez para indicar o Deus que se esconde na ação dos fracos. Ester irá realizar uma intervenção libertadora em favor de seu povo. Percebemos nas mulheres da Sagrada Escritura, são mulheres belas de fisionomia, também belas de coração, um coração tão grande que para elas não há limites quando se trata de ajudar o povo sofredor. Peçamos a Deus a graça da beleza de coração, uma doação sem limites, quando se trata de ajudar seja quem for que necessitam de nós. PAZ E MISERICÓRDIA!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s