Sem Solidariedade não há Vitória

1ª Macabeus 7 26-31 e 46-50

01_26 Então o rei mandou Nicanor, um dos seus generais mais importantes, inimigo mortal dos israelitas, para exterminar o povo. 27 Nicanor chegou a Jerusalém com numeroso exército e mandou falsas mensagens de paz a Judas e seus irmãos. Dizia: 28 “Não é preciso haver guerra entre mim e vocês! 29 E foi procurar Judas. Os dois se cumprimentaram amavelmente, mas os inimigos estavam preparados para saquear Judas. 30 No entanto Judas percebeu que a visita de Nicanor era uma armadilha, e ficou com tal medo, que não quis tornar a vê-lo. 31 Nicanor também percebeu que suas intenções tinham sido descobertas e partiu para enfrentar Judas em Cafarsalama. 46 De todos os povoados da Judéia, que ficavam próximos, o povo saía e os cercava, de modo que uns se voltavam contra os outros. Dessa forma, caíram todos mortos à espada, sem sobrar nenhum. 47 Recolheram os despojos e fizeram o saque. Cortaram a cabeça e a mão direita de Nicanor, que ele tinha levantado com desprezo, e as levaram para mostrar ao povo, em Jerusalém. 48 O povo ficou muito alegre e comemorou esse dia como dia de fasta. 49 Resolveram celebrar esta data anualmente, no dia treze de Adar. 50 Assim a Judéia ficou tranqüila por algum tempo.

“Incapaz de combater diretamente a força popular, o dominador procura, primeiro, desmontar o movimento revolucionário, tentando prender o líder. Não conseguindo isso, o dominador recorre à repressão procurando fazer que o povo fique desunido e entregue seus próprios líderes. Diante disso tudo, somente a solidariedade, articulada pelas lideranças, é capaz de conseguir a vitória. E o povo não deixa de consagrar essas datas como marcos fundamentais de uma nova história”.

REFLEXÃO:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo. Amados irmãos e irmãs, mais uma vez eu me fascino por passagens bíblicas tão poderosas; porém, o mais fascinante é o Poderio de Deus em meio ao seu povo. Vimos que o povo rezava, e o impostor do Nicanor, zombou e cuspiu no povo que orava; fazendo gracejos contra o Templo; vimos que as maravilhas de Deus vieram em defesa do seu povo através de um anjo, que havia antes destruído muitos homens de um prepotente exército e que agora iria fazer o mesmo. O primeiro a cair morto foi Nicanor, quando os soldados viram deixaram as armas e fugiram, mas todos caíram mortos sem sobrar nenhum. O povo perseguido que orava agora faz festa de louvor e glória pela VITÓRIA que Deus lhes dera. Somente a solidariedade, articulada, é capaz de conseguir a vitória, Deus veio em defesa do seu pequeno exército. Peçamos também nós a graça de nosso bom Deus da perseverança em segui-lo sempre com fé e perseverança; possamos também celebrar a vitória vinda do Senhor Deus. PAZ E MISERICÓRDIA!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s