Desespero de Jó – Melhor não ter nascido

Jó 3,1-11 e 20-26

jo _1 Então Jó abriu a boca e amaldiçoou o dia do seu nascimento, 2 dizendo:  3Morra o dia em que nasci e a noite em que se disse: Um menino foi concebido. 4 Que esse dia se transforme em trevas; que Deus, do alto, não cuide dele e sobre ele não brilhe a luz. 5 Que as trevas e as sombras o reclamem para si, que uma nuvem o cubra e um eclipse o torne pavoroso. 6 Que a escuridão se apodere desse dia, que ele não se some aos dias do ano e não entre na conta dos meses. 7 Que essa noite fique estéril e fechada aos gritos de alegria. 8 Que a maldigam os que maldizem o dia, os que sabem despertar Leviatã. 9 Que as estrelas da sua aurora escureçam, que espere a luz que não vem e não veja as pálpebras da alvorada. 10 Pois essa noite não fechou as portas do ventre para mim, e não escondeu da minha vista tanta miséria. Melhor ter sido um aborto_ 11 Por que não morri ao sair do ventre de minha mãe, ou pereci ao sair de suas entranhas? Melhor morrer do que viver assim_20 Para que dar luz a um infeliz, e vida para quem vai viver na amargura? 21 Para que dar luz a quem anseia pela morte que não chega, e que a procura mais do que a um tesouro? 22 Para que dar luz a quem se alegra diante de um túmulo e exulta diante da sepultura? 23 Para que dar luz a um homem que não encontra caminho, porque Deus o cercou de todos os lados? 24 Os soluços são meu alimento, e meus gemidos transbordam como água. 25 O que eu mais temia aconteceu para mim, e o que mais me apavorava me atingiu, 26 Vivo sem paz, sem tranqüilidade e sem descanso, em contínuo sobressalto”.

“Jó não maldiz diretamente a Deus, porém amaldiçoa o dia em que nasceu e a noite em que foi concebido. Se a vida é assim, para que gerar um ser vivo? Se a vida é assim era melhor ter sido um aborto, ou ter morrido logo ao nascer. Isso evitaria que a pessoa sofresse por causa das desigualdades sociais. Jó  raciocina: Quando não se tem nenhuma perspectiva, é melhor morrer, O que pode o homem fazer, quando Deus não lhe abre nenhum caminho?”

REFLEXÃO:

Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo. Amados irmãos e irmãs, a história de Jó é muito bonita, mas precisamos entender, por mais que ele tenha amaldiçoado o dia em que nasceu, ou que seria melhor ter morrido naquele dia, mas em nenhum momento Jó blasfemou a Deus.  Percebemos que ele chegou ao extremo, já não tinha mais paz, tranqüilidade não descansava, vivia em contínuo sobressalto; então para que viver assim? Para Jó até os seus caminhos foram fechados por Deus, aqui irmãos é que entra a nossa fé, a nossa paciência, a nossa esperança e quando percebemos que estamos distantes de Deus chegou a hora de buscar através da contemplação, da oração, mesmo quando a nossa fé estiver abalada. Deus é a nossa única esperança; não podemos jamais desanimar. PAZ E MISERICÓRDIA!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s