Se eu soubesse como encontrar a Deus!

Jó 23, 1-17

33440181_1_l_1 Então Jó respondeu: 2 “Ainda hoje me queixo e me revolto, porque a mão de Deus agrava os meus gemidos. 3 Oxalá eu soubesse como encontrá-lo, como chegar até o seu tribunal! 4 Diante dele eu apresentaria a minha causa, com a boca cheia de argumentos. 5 Eu saberia finalmente com que palavras ele me replica, e compreenderia o que ele me diz. 6 Será que ele usaria de violência comigo? Não importa. Ele ao menos teria que me escutar. 7 Então eu discutiria lealmente com ele, e definitivamente ganharia a minha causa. 8 Mas, se vou para o oriente, ele aí não está. Se vou para o ocidente, não o distingo. 9 Eu o procuro ao norte, e não o descubro. Eu volto para o sul, e não o vejo. Deus faz tudo o que quer_ 10 Ele, porém, conhece o meu comportamento. Pode colocar-me à prova, e eu sairei puro como ouro. 11 Meus pés seguiram as suas pegada, andei por seu caminho e não me desviei. 12 Não me afastei de seus mandamentos, e guardei suas palavras no meu peito. 13 Ele toma uma decisão e ninguém pode fazê-lo mudar. Ele faz tudo o que quer. 14 Ele executará  a minha sentença, e outras coisas que tem na mente. 15 Por isso, fico perturbado em sua presença, e sinto medo só de pensar. 16 porque Deus me intimidou, o Todo-poderoso me aterrorizou. 17 Oxalá eu desaparecesse nas trevas, e a escuridão cobrisse o meu rosto.

Jó não se contenta com os representantes oficiais da religião. Convencido da própria inocência, quer uma chance para comparecer pessoalmente diante de Deus, expor seus argumentos e ganhar a causa. Como, porém, encontrar a Deus? Ele parece estar fugindo. Apesar de tudo, Jó está convencido de que Deus sabe que ele é justo. Sabe também que Deus toma uma decisão e a realiza, sem que ninguém o consiga demover. Isso apavora Jó, que preferiria esconder-se”.

REFLEXÃO:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo. Amados irmãos e irmãs, vimos que Jó mesmo sendo um homem justo, foi provado no cadinho, como é o ouro purificado; se ele que sempre foi aos olhos de Deus o homem mais justo da terra, chegou a este ponto, imaginemos nós; o que seria dos injustos? Dos falsos? Dos hipócritas? Dos mentirosos? E de tantos outros que são tão maldosos a ponto de tirar a vida do irmão? Jó teme a Onisciência de Deus, ele que é o homem justo, Jó se esconde de Deus ele que é um homem integro, então precisamos perguntar a nós, o que faremos então? Peçamos hoje a Deus a graça de sermos fieis, íntegros, e que permaneçamos nas pegadas do Senhor Deus sem nos desviarmos de um lado para outro, e como Jó permanecermos na inocência. PAZ E MISERICÓRDIA!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s