Jesus é o Filho de Deus

(Marcos 15,33-41)

images_33 Ao chegar o meio-dia, até às três horas da tarde, houve escuridão sobre toda a terra. 34 Pelas três horas da tarde, Jesus deu um forte grito: “Eloi, Eloi, lama sabactâni?”, que quer dizer: “Meu Deus, meu Deus, por que me abandonaste?” 35 Alguns dos que estavam aí junto, ouvindo isso, disseram: ‘Vejam, ele está chamando Elias!’ 36 Alguém, correndo, encheu de vinagre uma esponja, colocou-a na ponta de uma vara, e deu para Jesus beber, dizendo: “Deixem, vamos ver se Elias vem tirá-lo da cruz!” 37 Então Jesus lançou um forte grito e expirou. 38 Nesse momento, a cortina do santuário se rasgou de alto a baixo, em duas partes. 39 O oficial do exército, que estava bem na frente da cruz, viu como Jesus havia expirado, e disse’ De fato, esse homem era mesmo Filho de Deus!’ 40 Aí estavam também algumas mulheres, olhando de longe. Entre elas estavam Maria Madalena e Maria, mãe de Tiago, o menor, e de Joset, e Salomé. 41 Elas haviam acompanhado e servido a Jesus, desde quando ele estava na Galiléia. Muitas outras mulheres estavam aí, pois tinham ido com Jesus a Jerusalém.

“No ápice do abandono, as situações imediatamente se invertem. A cortina do Templo, símbolo de um sistema econômico-politico-religioso, se rasga: é a ruptura total entre o projeto de Jesus e a estrutura dos projetos deste mundo A exclamação do oficial romano marca também outra ruptura: os pagãos que adoram os poderosos deste mundo começam a reconhecer que Jesus é o Filho de Deus. No momento do aparente fracasso total, o Evangelho de Marcos atinge o seu ponto culminante, desvendando definitivamente a identidade de Jesus. As mulheres que acompanham Jesus desde a Galiléia já podem voltar, pois o serviço a Jesus vai continuar”.

REFLEXÃO:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Amados irmãos e irmãs, agora Jesus recorre ao Pai Eterno, pois o momento culminante é chegado. Somente o Pai Eterno compreenderá o que o Seu Filho Primogênito vai passar. “Meu Deus, meu Deus por que me abandonastes?” Também este momento cruciante foi mostrado pelo próprio Jesus, que momentos difíceis também nós passaremos, mas que a confiança e a fé nos deverão dar a forças para podermos suportamos tudo o que a nós também for confiado. Vimos que Deus não poupou o seu Filho Amado, no momento da morte de Jesus vemos que até o oficial romano, ali ao pé da cruz, reconhece que Jesus realmente É o Filho de Deus. Hoje somos ainda convidados a prostar-nos ao pé da CRUZ DE CRISTO para vivenciar o supremo amor misericordioso de um Deus feito Homem que morre em uma cruz para salvar a humanidade; então só não se salva quem não quer. Saibamos irmãos e irmãs que o AMOR de Deus por nós é e será sem fronteiras. A todos PAZ E MISERICÓRDIA!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s