Cristo ressuscitado dos mortos não morre mais

Paulo 6, 3-11

pascoa-crista3 Será que ignorais que todos nós, batizados em Jesus Cristo, é na sua morte que fomos batizados? 4 Pelo batismo na sua morte, fomos sepultados com ele, para que como Cristo ressuscitou dos mortos pela glória do Pai, assim também, nós levemos uma vida nova. 5 Pois, se fomos de certo modo identificado a Jesus Cristo  por  uma morte semelhante à  sua, seremos semelhantes a ele também pela ressurreição. 6 Sabemos que o nosso homem velho foi crucificado com Cristo, para que seja destruído o corpo de pecado, de maneira a não mais servirmos ao pecado. 7 Com efeito aquele que morreu está livre do pecado. 8 Se, pois, morremos com Cristo, cremos que também viveremos com ele. 9 Sabemos que Cristo ressuscitado dos mortos não morre mais; a morte já não tem poder sobre ele. 10 Pois aquele que morreu, morreu para o pecado uma vez por todas; mas aquele que vive, é para Deus que vive. 11 Assim, vós também considerai-vos mortos para o pecado e vivo para Deus, em Jesus Cristo.

Jesus foi morto por um sistema social injusto, pecaminoso e mortal. Mas Deus o ressuscitou para sempre, condenando assim o sistema que matou Jesus. Pela fé e o batismo, o cristão participa da morte e ressurreição de Jesus. Em outras palavras, cristão é aquele que passa por uma transformação radical: rompe com o sistema pecaminoso, gerador de injustiça e morte, e ressuscita para viver vida nova, a fim de construir uma sociedade nova, que promova a justiça e a vida”.

REFLEXÃO:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo. Amados irmãos e irmãs, este é o grande e excelso dia de glória e louvor ao Filho de Deus, pois hoje Jesus Cristo o filho de Deus abriu novamente as portas do Céu para a humanidade; Glória! Glória! E Glórias se dêem a Jesus que depois de ter sofrido tudo, tudo para o bem das nossas almas, Ele fala ao Pai: “Tudo está consumado”. Pois seria assim que o Filho muito amado do Pai, que em nada o poupou sofreria, para hoje estar VIVO e glorioso à direita de Deus Pai. Ele foi o filho obediente até a morte e morte de Cruz. Mesmo que Ele bradou em alta voz: “Meu Deus, meu Deus porque me abandonastes?” Jesus bem sabia que a Sua integridade ao Pai abriria de novo as portas do Céu para todos. Este é o dia do grande Amor Misericordioso, prova máxima do Amor de Deus; Jesus Cristo, que com muito amor por todos, nos quer amando aos mais indefesos, abandonados, sofredores, sem lar, sem voz e sem vez, não esquecendo que muitos nem um teto o têm. Que assim seja. PAZ E MISERICÓRDIA!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s