Javé se alia aos pobres

Salmo 34, 1- 23

jesus_e_as_crian_as61 Quando se fingiu de  louco diante de Abimelec, se fez perseguir por ele e foi embora. 2 Vou bendizer a Javé o tempo todo, seu louvor estará sempre em minha boca. 3 Eu me orgulho por causa de Javé; que os pobres ouçam e fiquem alegres. 4 Repitam comigo: Javé é grande! Juntos exaltem o seu nome. 5 Consultei a Javé, ele me respondeu, e me livrou de todos os temores. 6 Olhem para ele e ficarão felizes, o rosto de vocês não ficará envergonhado. 7 Este pobre gritou, Javé ouviu, e o salvou de todos os apertos. 8 O anjo de Javé acampa ao redor dos que o temem, e os liberta. 9 Provem e vejam como Javé é bom: feliz o homem que nele se abriga. 10 Tema a Javé, povo consagrado a Javé, pois  nada falta aos que buscam Javé. 12 Filhos cheguem perto e me escutem: vou ensinar a vocês o temor de Javé. 13 Quem de vocês não deseja a vida? Quem não quer vida longa para prosperar? 14 Então guardem a língua de falar mal e os lábios de dizer mentiras. 15 Evitem o mal e pratiquem o bem, e sem descanso procurem a paz. 16 Javé cuida sempre dos justos e ouve atentamente seus clamores. 17 Javé enfrenta os malfeitores e apaga da terra a lembrança deles. 18 Os justos gritam, Javé escuta, e os liberta de todos os apertos. 19 Javé está perto dos corações feridos, e salva os que estão desanimados. 20 O justo sofre muitas desgraças, mas de todas elas Javé o liberta; 21 Javé protege os ossos do justo: nenhum deles será quebrado. 22 O mal causa a morte do injusto; os que odeiam o justo serão condenados. 23 Javé resgata a vida de seus servos, e os que nele se abrigam não serão condenados.

“Oração de agradecimento. O agradecimento é feito no meio da comunidade dos pobres. O salmista é um pobre que, em meio a uma situação difícil, fez a experiência da solidariedade de Deus e foi liberto. Convite para a comunidade dos pobres se comprometerem com o projeto de Deus, de onde brotou a justiça. Esta inverte a forma da sociedade e o rumo da história. Grande catequese, centrada no temor de Javé. Trata-se de reconhecer que Deus é Deus, e que o homem não é Deus. Em seguida, é preciso empenhar a própria vida na luta pela verdade e justiça, para que todos possam viver dignamente. Essa é a luta que constrói a paz. Nessa luta Javé toma o partido dos justos, ouvindo o seu clamor, libertando-os e protegendo-os. Por outro lado, Javé se posiciona contra os injustos, que são destruídos pelo próprio mal que produzem.”

 REFLEXÃO:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Amados irmãos e irmãs, quando o pobre clama ao Senhor Deus, diante de sua aflição, estes, quando gritam Deus vem em seu livramento, salvando de todos os apertos, dores e sofrimentos, desde que o Senhor Deus vê a sinceridade do coração dos pobres e justos. Na certeza da perseguição o pobre sempre terá um anjo ao seu redor para libertá-lo de todo o mal que o inimigo vem lhe causando e Javé está sempre de olho, Ele não perde de vista o pobre de mãos puras e de coração inocente. O salmista vai mais longe e pergunta, quem de vocês não deseja uma vida longa e de abundancia? E de imediato ele responde, dando-lhe as alternativas, mais coerentes para o pobre, evitem o mal e pratiquem o bem; guarde a língua de falar mal e os lábios de dizer mentiras. O mal causa a morte dos injustos. “Deus resgata a vida do servo e os que nele se abrigam não serão condenados.” Que este mesmo Deus, Pai de Nosso Senhor Jesus Cristo os abençoe com efusivas bênçãos celestiais. “Glorificado seja o Senhor Deus da vida”. PAZ E MISERICÓRDIA!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s