Porque você me abandonou?

Salmo 81,1-17

LIÇÃO 10 - UMA IGREJA VERDADEIRAMENTE PRÓSPERA - I O POVO DE DEUS NA VELHA E NOVA ALIANÇA - 3. O POVO ÚNICO DE DEUS - www.escola-dominical.com2 Aclamem a Deus, nossa força, aclamem ao Deus de Jacó. 3 Acompanhem, toquem os pandeiros, a harpa melodiosa e a cítara. 4  Toquem a trombeta pelo novo mês, na lua cheia, dia da nossa festa. 5 Porque é uma lei para Israel, um preceito do Deus de Jacó, 6 uma norma estabelecida para José, quando ele saiu da terra do Egito. Ouço uma linguagem desconhecida: 7 “Eu removi a carga de seus ombros, e suas mãos deixaram o cesto. 8 Você clamou na opressão, e eu o libertei. Escondido no trovão, eu lhe respondi, e o provei nas águas de Meriba”. 9 Escute, povo meu, eu testemunhar contra você. Oxalá você me ouvisse, Israel! 10 “Nunca haja em você um deus estrangeiro. 11 Eu sou Javé seu Deus, que o tirei da terra do Egito. Abra sua boca, e eu a encherei”. 12 E o meu povo não escutou a minha voz, Israel não quis me obedecer. 13 Então eu os entreguei ao seu coração endurecido: que sigam seus próprios caminhos! 14 Ah! Se meu povo me escutasse, se Israel andasse em meus caminhos… 15 Eu derrotaria seus inimigos num momento, e contra seus opressores voltaria a minha mão. 16 Os que odeiam Javé o adulariam, e o tempo deles teria passado para sempre. 17 Eu alimentaria você com a flor do trigo e o saciaria com o mel do rochedo.

Acusação em estilo profético, convidando o povo à conversão. Introdução em forma de hino. A ocasião é a festa da Tendas, que relembra a libertação do Egito e a caminhada pelo deserto. A celebração reafirma a fidelidade ao Deus do êxodo. Um profeta toma a palavra para recordar os fatos fundamentais da fé e da história. Fatos que levaram Israel ao compromisso com Deus: libertação da escravidão, tentação no deserto e teofania no Sinai. Tudo isso dá direito a Deus para questionar a vida do seu povo, que violou o primeiro mandamento, abandonando o Deus libertador para servir os ídolos opressores. A infidelidade acarreta o pior dos castigos: Deus abandona o povo à sua própria consciência pervertida, que passa a trilhar caminhos que não levam para a liberdade nem para a vida. O tom nostálgico, porém, mostra que essa acusação procura fazer o povo voltar a si e converter-se”.

REFLEXÃO:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Amados irmãos e irmãs, na festa das Tendas, se recordam a libertação do Egito, a caminhada pelo deserto, onde o povo sofreu todo o tipo de desconforto. Conforme o profeta o que leva o povo assumir um compromisso com o Deus da Vida é exatamente o sofrimento, as tentações e foi aí que Deus libertou de toda a escravidão do deserto. Embora saibam; que mesmo assim foram muitos os que abandonaram o caminho do deserto não querendo participar das promessas de Deus, seguir as Leis de Deus para muitos povos é um peso, pois muitos querem viver o seu próprio arbítrio. Ainda no Salmo Deus fala que se o seu povo andasse em seus caminhos Ele derrotaria os seus inimigos em um só momento.  Peçamos a Deus de Amor Misericordioso, que venha em nosso socorro, que não sejamos envergonhados pelos nossos inimigos, que tenhamos a fortaleza e a fé de seguir somente a Deus as Suas normas e Leis assim não seremos envergonhados pelos adversários. Que todos nós sejamos hoje e sempre abençoados pelo Deus da Paz. Assim seja! Amém! PAZ E MISERICÓRDIA.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s