Deus adverte as autoridades

Salmo, 82,1-8

Rembrandt_O apedrejamento de Santo Estêvão1 Deus se levanta no conselho divino, em meio aos deuses ele julga: 2 “Até quando vocês julgam injustamente, sustentando a causa dos injustos? 3 Protejam o fraco e o órfão, façam justiça ao pobre e ao necessitado, 4 libertem o fraco e o indigente, e os livrem da mão dos injustos!” 5 Eles não sabem, não entendem, vagueiam nas trevas: todos os fundamentos da terra se abalam. 6 Eu declaro: “Embora vocês sejam deuses, e todos filhos do Altíssimo, 7  vocês morrerão como qualquer homem. Vocês, príncipes, cairão como qualquer outro”. 8 Levanta-te, ó Deus, e julga a terra, pois as nações todas pertencem a ti!

“Oração coletiva de súplica, denunciando a corrupção dos juízes e governantes, As autoridades são chamadas de “deuses” porque exercem uma função que, por natureza, pertence unicamente a Deus: realizar a justiça. E justiça consiste em proteger e defender os indefesos, libertando os pobres e fracos, que são a maioria do povo, frente a quem os explora e oprime. Porém, quando as autoridades pervertem a sua função, usando do poder para legitimar e promover a injustiça, então a sociedade se transforma em caos, falsamente apresentado como ordem. Advertência: Deus lembra a esses poderosos que eles participam da mesma condição humana, embora exerçam função que por natureza pertence a Deus. Também eles devem estar submetidos à vontade de Deus e não acima ou contra ela. Deus é implacável com aqueles que lhe pervertem o projeto. Em meio ao caos produzido pelos injustos, o povo suplica a Deus que entre em ação, pois o Senhor da história, e só ele poderá fazer que a justiça triunfe”.

REFLEXÃO:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Amados irmãos e irmãs, nos chama muito a atenção, quando o salmista fala sobre a advertência: “Deus lembra aos poderosos, que eles participam da mesma condição humana, embora exerçam o que por natureza pertence a Deus; devem estar submetidos à vontade do próprio Deus Soberano. Lembra-nos também que Ele será implacável com os injustos, aqueles que pervertem o Seu projeto. E será diante dos falsos deuses que o nosso Deus Soberano levantará o seu conselho divino para o julgamento. O interessante é que os orgulhosos acreditam que tudo para eles será de uma forma diferente dos pobres e injustiçados, enganados totalmente, pois é para todos da mesma forma, Ele julgará a todos que O pertencem. Hoje peçamos a este mesmo Deus Soberano que nos dê a fortaleza, as graças necessárias e urgentes para podermos ser fiéis a Santa Doutrina. Que todos sejam abençoados. Assim seja! Amém! PAZ E MISERICÓRDIA.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s