Deus no meio do povo

Salmo 132,1-18

 david_bringing_the_ark_to_jerusalem1 Javé, lembra-te de Davi, de suas fadigas: 2 como ele jurou a Javé e fez voto ao Poderoso de Jacó: 3 “Não entrarei na tenda, na minha casa, nem subirei à cama em que repouso, 4 não darei sono aos meus olhos, nem descanso às minhas pálpebras, 5 enquanto não encontrar um lugar para Javé, moradia para o Poderoso de Jacó”. 6 Ouvimos que ela estava em Éfrata, e a encontramos nos Campos de Jaar. 7 Entremos em sua moradia e nos prostremos diante do seu pedestal. 8 Levanta-te, Javé, vem para a tua mansão, vem com a arca da tua força. 9 Que teus sacerdotes se vistam de gala e teus fieis exultem de alegria. 10 Por causa de Davi teu servo, não rejeites a face do teu messias. 11 Javé jurou a Davi uma promessa que jamais retratará: “É um fruto do seu ventre que eu vou colocar em seu trono. 12 Se seus filhos guardarem a minha aliança e o testemunho que lhes ensinei também os filhos deles, para sempre, irão sentar-se em seu trono”. 13 Porque Javé escolheu Sião, e a desejou como sua residência própria: 14 “Ela é a minha mansão para sempre, aí vou habitar, pois eu a desejei. 15 Vou abençoar suas provisões com largueza e saciar seus indigentes de pão. 16 De gala vestirei seus Sacerdotes, e seus fiéis exultarão de alegria. 17 Farei brotar o vigor de Davi, acenderei uma lâmpada para o meu messias. 18 Vestirei seus inimigos de vergonha, e sobre ele vai brilhar a minha coroa.”

“Oração celebrando a escolha que Deus fez da família de Davi e da cidade de Jerusalém. As duas têm a função de mediar à aliança entre Deus e o povo. Pedido em favor de Davi, visto como modelo de autoridade política: saído do povo, ele lutou pelo povo, e o seu maior desejo era concretizar a aliança entre Deus e o povo. Após a sua conquista, Davi localiza a arca da Aliança e a introduz na cidade. O exemplo de Davi se reflete na instituição de uma dinastia real: seus descendentes estarão sempre governando Israel. Em meio à celebração litúrgica, certamente durante uma festa da cidade, Deus abençoa Jerusalém, relembrando que ele age através do contrato que Davi fizera com o povo; organizar o povo para a partilha e defendê-lo dos inimigos”.

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Amados irmãos e irmãs, ainda hoje o nosso Deus é envolvido demasiadamente com o seu povo, e quando somos fieis, aí sim concretizaremos também em nossos dias esta Aliança de Deus com os homens. Deus vem habitar em cada um de nós, se temos esta fé; veremos que as bênçãos de Deus sobre nós serão em abundancia se permanecermos na fidelidade; e até as nossas provisões serão de largueza abençoadas. Que também para nós meus irmãos e irmãs, sejamos abençoados com largueza de provisões e estaremos também no livramento do amor misericordioso do Pai AMÉM! PAZ E MISERICÓRDIA.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s