A Natureza participa da Libertação

Sabedoria 16, 1-4 e 5-7

rh-mosesandbronzeserpentcruz-de-cristo  As duas faces da ação de Deus – 1 Por isso, os egípcios foram justamente castigados com seres semelhantes e atormentados por numerosos animaizinhos. 2 Em vez de tal castigo, tu beneficiaste o teu povo e, para lhe satisfazer o intenso apetite, tu lhe trouxeste codornizes, alimento extraordinário. 3 Desse modo, enquanto os egípcios ficavam famintos e perdiam o apetite natural, enjoados com os bichos que lhes tinha enviado, as pessoas do teu povo, depois de passarem um pouco de necessidade, repartiam entre si um alimento extraordinário. 4 De fato, era preciso que os opressores sofressem carestia inevitável. Ao teu povo, porém, bastava que lhe fosse mostrado como os inimigos estavam sendo atormentados. Castigo que Educa – 5 Quando caiu sobre eles a fúria terrível das feras, e morriam mordidos por serpentes tortuosas, tua cólera não durou até o fim. 6 Foram assustados por pouco tempo e como correção, mas receberam um sinal de salvação. Para lhes recordar o mandamento da tua Lei. 7 Quem se voltava para o sinal era salvo, não pelo  que via, mas graças a ti, o Salvador de todos.

“Deus age na história provocando discernimento sobre a consciência e a vida. O mesmo tipo de ação torna-se castigo para o opressor e libertação para o oprimido. Os erros cometidos pelo povo de Deus são logo castigados com finalidade pedagógica: reconhecer o erro e converte-se, voltando novamente à fidelidade. Os erros cometidos pelos opressores, porém, são fatais”.

REFLEXÃO:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo. Amados irmãos e irmãs, vimos na história da humanidade como o nosso Deus agia na formação da consciência humana. Isto com muita seriedade, pois para uns era castigo e para outros, libertação; o opressor era castigado e o oprimido era libertado. Esta norma valia não só para aquele tempo, hoje também podemos perceber que poderá demorar, pois o tempo de Deus não é o tempo dos homens, VIRÁ, isto quando nem esperarmos o opressor estará sendo castigado, enquanto o oprimido será liberto, esta é a pedagogia de Deus, poderá tardar, mas esperemos e veremos. Então, precisamos ter uma consciência bem refinada para podermos sentir, discernir quando falamos mentira, quando caluniamos, quando somos uma cruz na vida do irmão, pois tudo o que fizermos para o próximo na mesma medida receberemos. Peçamos ao nosso Deus o controle da nossa mentira, pois quem tem uma consciência refinada sabe quando o outro está mentido, pois a mentira tem perna curta, e é a mãe do diabo, pois a língua mata muito mais do que a bomba de Hiroxima. E que todos que quiserem ser refinados da língua mentirosa e caluniadora sejam hoje abençoados por Deus. PAZ E MISERICÓRDIA! “Deixe aqui seu comentário”.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s