O julgamento universal de Javé

Jeremias  25, 15-20 e 27-33

nimrod15 Assim me disse Javé, o Deus de Israel: “Pegue da minha mão esta taça de vinho da minha ira e faça que bebam dela todas as nações para as quais eu envio você. 16 Elas beberão, ficarão embriagadas e perderão o juízo diante da espada que eu mandarei para o meio delas.” 17 Eu peguei a taça da mão de Javé e fiz que bebessem dela todas as nações para as quais Javé me enviou: 18 Jerusalém e as cidades de Judá com os seus reis e chefes, para entregá-los à destruição, desolação, vergonha e maldição, como acontece ainda hoje; 19 o Faraó, rei do Egito, com seus ministros, seus nobres e todo o seu povo; 20 gente de todas as raças e todos os reis da terra de Hus, todos os reis da região dos filisteus: Ascalon, Gaza, Acaron e os sobreviventes de Azoto. 27 Você dirá a eles: “Assim diz Javé dos exércitos, o Deus de Israel: Bebam até ficar tontos, até vomitar e cair sem poderem mais se levantar, diante da espada que eu envio para o meio de vocês”. 28 Se recusarem pegar a taça de sua mão para beber, você dirá a eles: Assim diz Javé dos exércitos: “É claro que vocês beberão! 29 Pois se eu começo a castigar precisamente a cidade sobre a qual é invocado o meu nome, pretendem vocês ficarem impunes? Não, vocês não ficarão impunes, pois eu convocarei a espada contra todos os habitantes da terra _ oráculo de Javé dos exércitos”. Você anunciará todas estas coisas e dirá a eles: Javé ruge lá do alto, da sua santa morada ele faz ouvir sua voz; ruge contra a pastagem dele; como aquele que pisa a uva, ele sota gritos de alegria contra todos os habitantes da terra. 31 O barulho chega até os confins do mundo, porque Javé entra em processo contra as nações, ele faz o julgamento de toda criatura e abandona os injustos à espada _oráculo de Javé. 32 Assim diz Javé dos exércitos: A desgraça passa de nação para nação. Um grande furacão. Um grande furacão se levanta das extremidades da terra. 33 Nesse dia as vitimas de Javé cobrirão a a terra de ponta a ponta; ninguém as recolherá, em as enterrará, nem fará luto por elas: ficarão como esterco sobre o chão.

“Essa onde de conquista é vista pelo profeta como o julgamento de Deus que atinge seu povo e todas as nações. Os VV. 30-38 são um canto à grandeza de Deus, e mostram que não existe compromisso entre Deus e o mal.”

REFLEXÃO:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Amados irmãos e irmãs, a grandeza de nosso Deus nos mostra que não há compromisso entre Deus e o mal. É verdadeiramente esclarecedor o texto; todos aqueles que viveram de má índole, todos cairão na ira de Deus, por ter vivido um comportamento tão indigno de um povo pertencente ao Deus de amor. Olha como o bom Deus age com o seu povo; o motivo se observarmos bem, é por causa dos grandes confrontos entre o império no Oriente Médio que aconteceu no fim do séc. VII a.C., causando rivalidade entre Babilônia, Assíria e o Egito a ponto de precisar que Deus manda o profeta Jeremias distribuir a taça de vinho da Sua ira; e o profeta deveria fazer com que todas as nações a bebessem; seria por este vinho que, reis chefes, profetas povos todos seriam castigados por ter uma atitude de rebeldia e desobediência ao Senhor Deus, a espada passaria por meio de todos. Também hoje para aqueles que são rebeldes, peçamos ao Senhor Deus a sua misericórdia, para que não haja tanta dor e tanto sofrimento; mas peçamos a Deus que sejamos filhos obedientes, humildes, íntegros ao Senhor; que todos nós possamos ser abençoados pelo  Senhor Deus da paz. PAZ E MISERICÓRDIA!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s