A Fé Na Promessa de Deus

Jeremias 32, 1- 5 e 18 – 22

9138c38dc3f6a11a0f24a51f183cf94dypfgs98c_1 Palavra que Javé dirigiu a Jeremias no décimo ano de Sedecias, rei de Judá, que corresponde ao décimo oitavo ano de Nabucodonosor. 2 Nessa ocasião, o exército do rei da Babilônia estava cercando a cidade de Jerusalém e o profeta Jeremias estava preso no pátio da prisão que existia no palácio  do rei de Judá. 3 Sedecias, rei de Judá, o tinha lançado na prisão, acusando-o: “Você profetizou: Assim diz Javé: Eu entregarei esta cidade nas nãos  do rei da Babilônia e ele vai tomá-la; 4 Sedecias, rei de Judá, não escapará das mãos dos caldeus, mas será entregue ao rei da Babilônia e terá de falar pessoalmente com ele, olhando um nos olhos do outro, 5 Sedecias será levado para Babilônia e aí ficará até que eu olhe para ele – oráculo de Javé. Se vocês lutarem contra os caldeus, não vencerão. Por que você profetizou isso? Deus grande e poderoso, teu nome é Javé dos exércitos. 19 Grande em projetos e podero em ações, teus olhos estão abertos sobre a conduta dos homens, para dar a cada um conforme o que merecem suas ações. 20  Tu fizestes sinais e prodígios no país do Egito, e até hoje ainda os fazes em Israel e entre os homens, Foi assim que ganhaste a fama que tens até hoje. 21 Tu tiraste Israel, o teu povo, do país do Egito com sinais e prodígios, com mão forte e braço estendido, espalhando grande terror. 22 Deste a eles esta terra, que tinhas prometido com juramento aos seus antepassados, terra onde corre leite e mel.

“Enquanto o exército babilônico cerca Jerusalém, pronto para a conquista (587 a.C.), Jeremias compra um terreno que em breve pertencerá ao inimigo. Essa atitude paradoxal é um ato de Fé na promessa de Deus e no futuro do povo: Javé prometeu a terra e a deu a seu povo; este, porém, foi infiel e, por isso, a perde para o inimigo. Todavia a promessa de Javé é permanente: a terra voltará para as mãos do seu povo”.

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Amados irmãos e irmãs, como é maravilhoso perceber como o nosso Deus trinitário derrama a sua graça, o seu poder e o seu amor sobre aqueles que, mesmo sofrendo, no silêncio procuram confiar e esperar com fé no Senhor Deus dos nossos antepassados. Quando o povo do Egito é tirado da escravidão e que Deus um dia fez com eles a sua Aliança, Ele agora vem mostrando seus sinais e prodígios, pois com mão forte e braço estendido, Ele vai espalhando também sobre os rebeldes e desobedientes o pavor. Faz-se necessário que todos aqueles que confiam, esperam e crêem na promessa de Deus permaneçam fies; percebemos que Deus prometeu aquele povo uma terra, e lhe foi dado. Peçamos irmãos ao nosso Deus a graça da esperança, da fé e da perseverança, assim veremos realizar tudo o que o Senhor nos prometeu. Que neste dia possamos ser abençoados e receber em profusão as bênçãos dos Céus. Paz E Misericórdia!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s