A Culpa — Confessar os Pecados

Baruc 1,15-22

download-315 Eis o texto: confessamos que o Senhor Nosso Deus é justo e a nós cabe hoje a vergonha, a nós, cidadãos de Judá e habitantes de Jerusalém, 16 reis e autoridades nossas, sacerdotes, profetas e antepassados nossos, 17 porque pecamos contra o Senhor, 18 desobedecemos, não ouvimos a voz do Senhor nosso Deus, deixamos de seguir as orientações que ele nos colocou diante dos olhos. 19 Desde o dia em que o Senhor tirou nossos antepassados do Egito até hoje, nós só desobedecemos ao Senhor nosso Deus e não fizemos caso de ouvir a sua voz. 20 Assim nos acompanham até os dias de hoje desgraças e maldições com que o Senhor ameaçou o seu servo Moisés, quando tirou nossos antepassados do Egito para nos dar uma terra onde corre leite e mel. 21 Nós, porém, nunca demos atenção à voz do Senhor nosso Deus, que nos falava pela palavra dos profetas que Ele nos enviava. 22 Pelo contrário, cada um de nós seguia suas más inclinações, prestando culto aos deuses estrangeiros e praticando o que é mau aos olhos do Senhor nosso Deus.

“Os fiéis dispersos relembram os horrores da queda de Jerusalém e falam de sua própria dor, para confessar seus pecados, cujo castigo o Deuteronômio já anunciava (cf. Dt 28, 15-68). Meditando sobre sua história, a geração presente reconhece o pecado das gerações passadas e se solidariza com elas. É importante que o povo de Deus reconheça seus próprios erros e pecados, a fim de proclamar a inocência e justiça de Deus.”

REFLEXÃO:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Amados irmãos e irmãs, aí temos a resposta da causa da vergonha daquele povo, pois desde o dia em que o Senhor tirou nossos antepassados do Egito até, nós só desobedecemos ao Senhor e não fizemos caso em ouvir a Sua voz. Sabemos claramente que Deus sempre falou com o seu povo através dos profetas; porém cada um seguia suas más inclinações. Praticaram o que é mau aos olhos de Deus. Também nós irmãos e irmãs devemos ter ciência dos nossos próprios erros e pecados, e assim buscar o Sacramento da Confissão, e limpos de coração proclamaremos a “Inocência e justiça de Deus”! Peçamos a Deus com bastante humildade a graça de ver sempre e nos conscientizar dos nossos erros e dos nossos pecados, para podermos estar sempre em busca de uma vida nova, deixando-nos ser resgatados e ser lavados no Sangue Redentor de Jesus Cristo, e sejamos todos abençoados por este Deus maravilhoso. PAZ E MISERICÓRDIA!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s