Confiança na intervenção de Javé

Habacuc 3 , 1-8 e de 16 -19

martiresespanioles1 Oração do profeta Habacuc, em tom de lamentação. 2 Javé, ouvi falar da tua fama; aprendi a respeitar tuas obras, Javé. Ao correr dos anos, faze-as reviver; manifesta-as no curso dos anos. Na ira, lembra-te de ter compaixão. 3 Deus vem lá de Temã, o Santo vem do monte Farã. A majestade dele cobre o céu, e a terra se enche com o seu louvor. 4 Seu brilho é como o sol, e sua mão cintila, escondendo o seu poder. 5 À frente dele vai a peste, e a epidemia segue seu rastro. 6 Ele para, e a terra treme; ele olha, e as nações estremecem. As montanhas eternas desmoronam e as colinas antigas se prostram: sempre foi assim o seu caminho. 7 Vejo as tendas de Cusã apavoradas, e agitadas as tendas de Madiã. Javé liberta o teu povo!  8 É contra os rios, Javé, é contra os rios que tua ira se inflama? É contra o mar que arde o teu furor, quando montas em teus cavalos e sobes em teus carros vitoriosos? Nós confiamos em ti! 16 Eu escutei. Minhas entranhas tremeram; ao ouvi-lo, meus lábios estremeceram, um calafrio entrou-me pelos ossos e minhas pernas vacilaram. Eu gemo pelo dia de angústia que há de vir para esse povo que nos oprime. 17 Ainda que a figueira não brote e não haja fruto na parreira; ainda que a oliveira negue seu fruto e o campo não produza colheita; ainda que as ovelhas desapareçam do curral e não haja gado nos estábulos 18 eu me alegrarei em Javé e exultarei em Deus, meu salvador. 19 Meu Senhor Javé é a minha força, ele me dá pés de gazela e me faz caminhar pelas alturas.

“O livro de Habacuc se encerra com este salmo de confiança, onde são recordadas as ações de Deus no passado, que são fundamento da ação e vitória de Deus no futuro. Trata-se de um canto litúrgico: é na liturgia que os justos celebram a esperança, certo de que ela vai se realizar. A comunidade se emociona com a certeza da intervenção com que Javé libertará o seu povo, punindo o opressor. O salmo termina com uma insuperável profissão de confiança: ainda que nos esteja acontecendo o pior, não abriremos mão da confiança em Javé. É pela nossa fidelidade que Javé nos libertará”.

REFLEXÃO:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Amados irmãos e irmãs, vimos que as comunidades daquele tempo se emocionavam com a certeza da intervenção com que Deus libertará o seu povo, oprimido; realmente refletimos muito sobre a fidelidade com que aqueles que querem seguir o Senhor Deus, devem permanecer fiéis. Isto dependerá de todos os que buscam a Deus com integridade, fidelidade, alegrai-vos irmãos, pois a nossa confiança nos dará a certeza de que Ele virá em nossa defesa. Deus está olhando com bons olhos a todos os que caminham na fidelidade, confiantes de que todas as ações que os homens e mulheres fazem serão por Deus justificadas. O amor de Deus pelos seus filhos é sem fronteiras e sem limites, se cremos, veremos a realização e manifestação do amor misericordioso do Senhor. Rezemos e seremos mais do que vitoriosos; com as benções de Deus. Paz e Misericordia!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s