A verdadeira pobreza e a alegria do perdão

Sofonias 3,11-20

261253_209837649059563_112206825489313_586649_2130285_n—11 Nesse dia, você não precisará mais envergonhar-se das ações com que me ofendeu, porque vou tirar do seu meio seus soberbos fanfarrões, e você não se orgulhará no meu santo monte. 12 Deixarei em você um povo pobre e fraco, um resto de Israel que se refugiará no nome de Javé. 13 Não praticarão mais a injustiça, nem contarão mentiras; não se encontrará mais em suas bocas uma língua mentirosa. Eles poderão pastorear e repousar, e ninguém os incomodará. 14 Grite de contentamento, filha de Sião! Alegre-se, Israel! Fique alegre e exulte de todo o coração. Ó filha de Jerusalém! 15 Javé mudou a sentença que tinha contra você, eliminou o seu inimigo. Javé, o rei de Israel, está no meio de você. E você nunca mais verá a desgraça. 16 Nesse dia será dito a Jerusalém: Não tenha medo, Sião! Não se acovarde! 17 Javé, o seu Deus, o valente libertador, está no meio de você. Por causa de você, ele está contente e alegre e renova o seu amor por você; está dançando de alegria por sua causa, 18 como em dias de festa. Afastarei o mal, para que você não carregue mais o peso da vergonha. 19 Nesse tempo agirei contra todos aqueles que a oprimem; salvarei os coxos e reunirei os dispersos. Darei a eles glória e fama na terra em que agora são desprezados. 20 Nesse tempo, eu vou guiar vocês; quando eu os reunir novamente, vou dar-lhes glória e fama entre todos os povos da terra, quando, bem diante dos olhares de vocês, eu trouxer de volta os cativos. Javé o disse.

“Quem traiu a Aliança foi toda a classe dirigente de Jerusalém, chefes, juízes, profetas e sacerdotes. Conseqüentemente, não há mais justiça, o direito é motivo de gozação, não há respeito pelo próximo. A infidelidade a Javé se manifestou pela decadência moral e social. Apesar da terrível perpesctiva do Dia de Javé, Sofonias anuncia também a esperança: Javé salvará e reunirá novamente o seu povo, a partir de um “resto” pobre e fiel. O projeto de Deus é sempre para a vida.”

REFLEXÃO:

Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo! Amados irmãos e irmãs, se bem percebemos o texto, vimos que, quem mais traiu a Aliança não foram os pobres e fracos, ao contrário, foi os poderosos, os orgulhos e os prepotentes; e dizem ainda que fossem os chefes, juízes e profetas, não havendo mais entre eles respeito e justiça, passando a uma verdadeira gozação dos mais fracos e pobres. Todos viram à decadência moral e social daquele povo que tinha tudo para caminhar na integridade e fidelidade daqueles os quais eram guiados pelo próprio Deus. É agora que o profeta Sofonias entra anunciando a esperança; pois Deus novamente reunirá e salvará o seu povo, isto é um “RESTO”, aqueles que Deus do alto céu, olha e acompanha os pobres fiéis, a estes será dado glória e fama como a Deus aprouver. Rezemos ao nosso Deus de justiça, que nos dê a graça e a perceverança no bem, na justiça e no respeito aos irmãos sejam eles quem for. E que todos nós possamos hoje ser abençoados. PAZ E MISERICÓRDIA!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s