As credenciais de Jesus são as suas obras

João 10, 22-39

ps130710_cah018822 Em Jerusalém estava sendo celebrada a festa da Dedicação. Era inverno. 23 Jesus passeava pelo Templo, andando no pórtico de Salomão. 24 Então as autoridades dos judeus o rodearam e disseram: “Até quando nos irá deixar em dúvida? Se tu és o Messias, dize-nos abertamente”. 25 Jesus respondeu: “Eu já disse, mas vocês não acreditam em mim. As obras que eu faço em nome do meu Pai dão testemunho de mim; 26 vocês, porém, não querem acreditar, porque vocês não são minhas ovelhas. 27 Minhas ovelhas ouvem a minha voz, eu as conheço, e elas me seguem. 28 Eu dou a elas vida eterna, e elas nunca morrerão. 29 O Pai, que tudo entregou a mim, é maior do que todos. Ninguém pode arrancar coisa alguma da mão do Pai. 30 O Pai e eu somos um. 31 As autoridades dos judeus pegaram pedras outra vez para apedrejar Jesus. 32 Então Jesus disse: “Por ordem do meu Pai, tenho feito muitas coisas boas na presença de vocês. Por qual delas vocês me querem apedrejar?” 33 As autoridades dos judeus responderam: “Não queremos te apedrejar por causa de boas obras, e sim por causa de uma blasfêmia: tu és apenas um homem, e te fazes passar por Deus.” 34  Jesus disse:  “Por acaso, não é na Lei de vocês que está escrito: ‘Eu disse: vocês são deuses’? 35 Ninguém pode anular a Escritura. Ora, a Lei chama de deuses as pessoas para as quais a palavra de Deus foi dirigida. 36 O Pai me consagrou e me enviou ao mundo. Por que vocês me acusam de blasfêmia, se eu digo que sou Filho de Deus? 37 Se não faço as obras do meu Pai, vocês não precisam acreditar em mim. 38 Mas se eu as faço, mesmo que vocês não queiram acreditar em mim, acreditem pelo menos em minhas obras. Assim vocês conhecerão, de uma vez por todas, que o Pai está presente em mim, e eu no Pai.” 39 Tentaram outra vez prender Jesus, mas ele escapou das mãos deles.

“Jesus define sua condição de Messias, apresentando-se como o Filho de Deus. As provas de seu messianismo não são ordens jurídicas; mas fatos concretos; suas ações comprovam que é Deus quem age nele”.

REFLEXÃO:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo. Amados irmãos e irmãs; é maravilhoso ouvir Jesus falar as seguintes palavras: “O Pai que tudo entregou por mim, é maior do que todos. Ninguém pode arrancar coisa alguma da mão de Deus. O Pai e eu somos um.” Ou também se alguém quiser anular a Escritura, nada poderia fazer o que é de Deus; é de Deus. Então, tudo o que o Senhor Deus realizou, criou, ninguém poderá desfazer. Poderá alguém na face da Terra colocar uma nova ordem para o percurso do sol, da lua das estrelas, do mar? Se não quiserem acreditar que toda a natureza, astros mar e terra, tudo obedecem a Deus e o homem não fará nada com o seu livre arbítrio. Mas a certeza é: se acreditarmos que Jesus Cristo é o Filho de Deus, se permanecermos nele, veremos que seremos um em Cristo, que está no Pai. E que todos aqueles que acreditam nesta maravilhosa revelação serão abençoados por Ele. PAZ E MISERICÓRDIA!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s