A Comunidade é Sacramento do Espírito

Atos dos Apóstolos 5, 1-11

ananias-e-safira-morte-no-novo-testamento—1 Um homem chamado Ananias fez um acordo com sua esposa Safira: vendeu uma propriedade que possuía, 2 reteve uma parte do dinheiro para si e entregou a outra parte, colocando-a aos pés dos apóstolos. 3 Pedro perguntou: “Ananias, por que você deixou Satanás tomar posse do seu coração? Por que você está mentindo para o Espírito Santo, conservando uma parte do preço do terreno? 4 Você não podia conservá-lo para si sem vendê-lo? E mesmo que o vendesse, você  não podia ficar com todo o dinheiro? Então, porque fez isso? Você não mentiu para os homens, mas para Deus”. 5 Ao ouvir isso Ananias caiu no chão e morreu. E grande temor se apoderou de todos os que estavam ouvindo. 6 Os mais jovens se levantaram, enrolaram o corpo de Ananias num lençol e o levaram para enterrar. 7 Uma três horas mais tarde, chegou a esposa de Ananias, sem saber o que havia acontecido. 8 Pedro lhe perguntou: “É verdade que vocês venderam o terreno por esse preço?  Ela respondeu: Sim, foi por esse preço.” 9 Então Pedro disse: “Por que vocês fizeram acordo  para tentar o Espírito do Senhor? Veja ! Os que foram enterrar seu marido estão chegando. Eles vão levar você também”! 10 No mesmo instante, Safira caiu aos pés de Pedro e morreu. Quando os jovens entraram, a encontraram morta e a levaram para enterrar junto do marido. 11 E grande temor se espalhou por toda a Igreja e entre todos aqueles que ouviram falar do que havia acontecido.

“A sovinice e ostentação, típicas de uma sociedade pagã baseada no espírito de posse, ameaçam infiltrar-se na comunidade e falsificar o senso de comunhão que gera fraternidade e partilha. A comunidade é sacramento da presença do Espírito: mentir para ela é mentir para o Espírito; falsificá-la é falsificar o próprio testemunho cristão. Para transformar a sociedade, a comunidade precisa ser coerente e viver a fraternidade e a partilha. Ser cristão não admite mediocridade. Pela primeira vez aparece nos Atos o termo Igreja”.

REFLEXÃO:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Amados irmãos e irmãs, vimos claramente hoje que, quando o espírito de posse, venha a ameaçar e infiltrar-se em uma comunidade, o verdadeiro senso de partilha e fraternidade será ameaçado; como vimos uma comunidade é sacramento da presença do Espírito, então a mentira vai falsificar o próprio testemunho cristão. Se queremos ser cristãos não admitimos a mediocridade. Por isso, irmãos e irmãs, procuremos sempre pedir ao Senhor Deus a graça de sermos verdadeiros e não viver da mentira.  Sabemos que somente a VERDADE nos libertará. Que nosso Deus nos abençoe com efusão de bênçãos. PAZ E MISERICÓRDIA!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s