De Perseguidor a Apóstolo

Atos dos Apóstolos 9, 1- 9 e 14-19

12—1 Saulo só respirava ameaças e morte contra os discípulos do Senhor. Ele apresentou-se ao sumo sacerdote 2 e lhe pediu cartas de recomendação para as sinagogas de Damasco, a fim de levar presos para Jerusalém todos os homens e mulheres que encontrasse seguindo o Caminho. 3 Durante a viagem, quando já estava perto de Damasco, Saulo se viu repentinamente cercado por uma luz que vinha do céu. 4 Caiu por terra e ouviu uma voz que lhe dizia: “Saulo, Saulo, por que você me persegue?” 5 Saulo perguntou: “Quem és tu, Senhor?” A voz respondeu: “Eu sou Jesus, a quem você está perseguindo. 6 Agora,levante-se, entre na cidade, e aí dirão o que você deve fazer.” 7 Os homens que acompanhavam  Saulo ficaram cheios de espanto, porque ouviam a voz, mas não viam ninguém. 8 Saulo se levantou do chão e abriu os olhos, mas não conseguia ver nada. Então o pegaram pela mão e o levaram para Damasco.  9 E Saulo ficou três dias sem poder ver, e  não comeu nem bebeu nada. 14 E aqui em Damasco ele  tem plenos poderes, que  recebeu dos chefes dos sacerdotes, para prender todos os que invocam o teu nome. 15 Mas o Senhor disse a Ananias:  “Vá, porque esse home é um instrumento que eu escolhi para anunciar o meu nome aos pagãos, aos reis e ao povo de Israel. 16 Eu vou mostrar a Saulo  quanto ele  deve sofrer por causa do meu nome.” 17 Então Ananias saiu, entrou na casa e impôs as mãos sobre Saulo, dizendo: “Saulo, meu irmão, o Senhor Jesus, que lhe apareceu quando você vinha pelo caminho, me mandou aqui para que você recupere a vista e fique cheio do Espírito Santo.” 18 Imediatamente caiu dos olhos de Saulo alguma coisa parecida com escamas, e ele recuperou a vista. Em seguida Saulo se levantou e foi batizado. 19 Logo depois comeu e ficou forte como antes.

“O relato apresenta o foco de um contraste: de perseguidor ferrenho, Paulo é chamado para ser apóstolo destemido. Na sua conversão, a iniciativa é do próprio Jesus. Note-se que o texto identifica a pessoa de Jesus morto e ressuscitado com a vida e o testemunho das comunidades que Paulo persegue, é chamado à conversão e a missão pelo Jesus que está vivo na comunidade. Essa conversão é um processo de morte e ressurreição; morte que o desestrutura da visão antiga, e o contato com a comunidade, que o ressuscita, dando-lhe o Espírito, para que possa testemunhar o Cristo vivo. A palavra do Senhor mostra o programa da missão: Paulo vai ser apóstolo entre os pagãos, e seu testemunho lhe provocará muito sofrimento. A respeito do termo Caminho, cf. nota em 24,1-21.”

REFLEXÃO:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Amados irmãos, vimos claramente o perseguidor passa a ser o Apóstolo. Nosso Senhor Jesus Cristo tem uma sabedoria digníssima, quando se trata dos filhos de Deus, Jesus busca no amor misericordioso para o seu aprisco, aqueles que desviaram como a ovelhinha, colocando no ombro e trazendo de volta, preparando-o (a) e capacitando-o (a) para o seu ministério; já pensou cada vez que alguém perseguir os seguidores do reino cair na REDE DO MESTRE para nunca mais sair? Ser sábio é viver no rebanho do Senhor Jesus. Paz e Misericórdia!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s