A Destruição da Cidade Idolátrica

Apocalipse 18, 1-8

Angel1 Depois de tudo isso, vi outro Anjo descendo do céu. Tinha grande poder, e a terra ficou toda iluminada com a sua glória. 2 Ele gritou com voz forte! “Caiu! Caiu Babilônia a Grande! Tornou-se morada de demônios, abrigo de todos os espíritos impuros, abrigo de aves impuras e nojentas. 3 Porque ela embriagou as nações com o vinho do furor da sua prostituição. Com ela se prostituíram os reis da terra. Os mercadores da terra ficaram ricos graças ao seu luxo desenfreado.” O Povo de Deus é salvo_ 4 Ouvi outra voz que dizia: “Saia dela meu povo. Não seja cúmplice dos pecados dela, nem atingido por suas pragas. 5 Seus pecados se amontoaram até o céu, e Deus se lembrou das iniqüidades dela. 6 Devolvam a ela com a mesma moeda. Paguem a ela em dobro, conforme as obras que ela fez. No cálice que ela misturou, misturem para ela o dobro. 7 O tanto que se enchia de glória e luxo, devolvam a ela agora em dor e luto. Toda cheia de si ela pensava: ‘Estou sentada como rainha. Não sou viúva nem jamais vestirei luto…’ 8 Por isso, as pragas dela virão  num só dia morte, luto e fome. Ela será devorada pelo fogo, porque o Senhor Deus que a julgou é forte.”

“O Evangelho desmascara e desfaz a confusão da cidade idolátrica, que no tempo era Roma, símbolo do paganismo e da tirania. A causa da ruína é a idolatria (prostituição) O povo de Deus não é destruído porque não segue os ídolos. A lei do talião (tal culpa, tal pena) mostra que o mal é autodestruidor.”

REFLEXÂO:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Amados irmãos e irmãs, o povo de Deus é salvo, quando busca viver uma vida voltada para a grande Lei do Amor, isto é os Dez Mandamentos. Todos aqueles que seguem a Lei do Senhor Deus, não compactuam com o pecado, nem bebe da taça da embriagues dos pecados desenfreados. Bem Aventurados são todos os que buscam uma vida voltada para o seu Deus; o Deus da PAZ e do Amor; Ele é fiel aos que O Temem aos que O Obedecem, aos que O seguem na pureza de coração, na integridade, na honestidade de coração, assim estarão na mira do Senhor Deus, que lhes derramará uma corrente de águas cristalinas e puras onde nesta fonte poderão viver sem o pecado, ali encontrarão a fonte Redentora do Perdão dos pecados pela fonte misericordiosa do Sacramento da Confissão; instituído pelo próprio Jesus Cristo. Peçamos então neste dia ao Senhor da Vida a graça de podermos permanecer sempre fieis as boas obras que nos levará em direção da Pátria Celeste. Que assim seja! Amém! Paz e Misericórdia!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s