A Soberana Liberdade de Deus

visitation_VNS31maio201314 Que diremos então? Que Deus é injusto? De jeito nenhum! 15 Ele mesmo disse a Moisés: “Farei Misericórdia a quem eu fizer misericórdia, e terei piedade de quem eu tiver piedade”. 16 Portanto, a escolha não depende da vontade ou do esforço do homem, mas da misericórdia de Deus. 17 Por isso a Escritura diz ao Faraó: “Eu fiz você nascer precisamente para mostrar em você o meu poder e para que o meu nome seja celebrado em toda a terra.” Portanto, Deus usa de misericórdia com quem Ele quer, e endurece a quem Ele quer.  19 Você me dirá então: “Por que Deus ainda se queixa? Quem pode resistir à vontade Dele?” 20 Mas, quem é você, homem, para discutir com Deus? Por acaso, o vaso de barro diz ao oleiro: “porque você me fez assim?” 21 Por acaso o oleiro não é dono da argila, para fazer com a mesma massa dois vasos, um para uso nobre e outro para uso comum? 22 Ora, Deus quis manifestar a sua ira e mostrar o seu poder, suportando com muita paciência os vasos da ira, já prontos  para a perdição. 23 Deus assim fez para mostrar a riqueza da sua glória para com os vasos de misericórdia, que Ele havia preparado para a glória, 24 isto é para conosco, a quem Deus chamou, não só dentre os judeus, mas também dentre os pagãos. 25 Como Ele disse em Oséias: “Chamarei Meu — povo àquele que não é meu povo, e Amada àquela que não é amada. 26 E acontecerá que, no mesmo lugar onde foi dito a eles: ‘vocês não são meu povo’, aí mesmo serão chamados filhos do Deus Vivo”. 27 E quanto a Israel, Isaias proclama: Mesmo que o número dos israelitas seja como a areia do mar, o resto é que será salvo; 28 Por que Deus cumprirá sua palavra sobre a terra com plenitude e rapidez. 29 E ainda como Isaías havia predito: Se o Senhor dos Exércitos não nos tivesse deixado uma descendência, ficaríamos como Sodoma e nos tornaríamos como Gomorra.

“Neste texto não devemos procurar uma doutrina fatalista sobre a predestinação. Paulo apenas salienta os imprevisíveis chamados de Deus, que age soberanamente, escolhendo homens e povos como instrumentos do seu projeto. Ao escolher, Deus é soberanamente livre; não é obrigado nem a ter misericórdia nem a punir. Isso não quer dizer que Deus seja injusto. Um vaso reclama contra o oleiro? Pode o homem pedir contas a Deus? Os profetas anunciaram tanto a salvação dos pagãos como a eleição de Israel”.

REFLEXÃO:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Amados irmãos e irmãs, vimos ontem que Deus escolhe quem Ele quer para o seu serviço. Hoje percebemos que Deus terá misericórdia com quem Ele quer; escolhe quem Ele quer chamar, Ele é soberanamente livre para fazer o que quer como quer e a quem Ele quer. Não depende do desejo da sua criatura para fazer o que ela quer. Por isso nós precisamos estar sempre vivendo com profunda honestidade, com grande integridade e com veracidade. Deus olha sempre aqueles que têm um coração puro e as mãos limpas, isto é aqueles que nunca fazem mal aos irmãos e irmãs. Por isso quanto mais fiéis formos, quanto mais sinceros e honestos; mais próximos de Deus estaremos. Que Deus abençoe a todos e que sejais os preferidos do Pai Eterno. Assim Seja! Amém! Paz e Misericórdia!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s