Explicação do mistério do mal

Apocalipse 17,7-18

images– Vendo a mulher, fiquei profundamente admirado. 7 O Anjo, porém, me disse: “Por que você está admirado? Vou explicar-lhe o mistério da mulher e da Besta com sete cabeças e dez chifres que carrega a mulher. 8 A Besta que você viu, existia, mas não existe mais. Ela está para subir do Abismo, porém caminha para a perdição. Os habitantes da terra vão ficar admirados ao verem a Besta. São estes que desde a fundação do mundo não têm seu nome escrito no livro da vida. Ficarão admirados porque a Besta existia, não existe mais, mas vai aparecer de novo. 9 Aqui é preciso ter inteligência para entender: as sete cabeças são sete montes, sobre os quais a mulher está assentada. São também sete reis. 10 Cinco já caíram, um existe, e o outro ainda não veio; mas, quando vier, ficará por pouco tempo. 11 A Besta que existia e não existe mais, ela mesma é o oitavo rei, e é também um dos sete, mas caminha para a perdição. 12 Os dez chifres que você viu são dez reis, que ainda não receberam um reino. Estes, porém, receberão autoridade como reis por uma hora apenas, juntamente com a Besta. 13 Esses reis pensam a mesma coisa: entregar o poder e a autoridade para a Besta. 14 Todos juntos farão guerra contra o Cordeiro. Mas o Cordeiro os vencerá, porque o Cordeiro é Senhor dos senhores e Rei dos Reis. E com ele vencerão também os chamados, os escolhidos e os fiéis.” 15 O Anjo continuou a me explicar: “Você viu aquela prostituta que está sentada perto de muitas águas. Essas águas são povos, multidões, nações e línguas diversas. 16 Os dez chifres que você viu, juntamente com a besta, começarão a odiar aquela prostituta, a despojarão e a deixarão nua. Comerão suas carnes e a queimarão. 17  Pois Deus colocou no coração deles o desejo de realizarem o seu próprio plano: vão entregar sua realeza à besta, até que as palavras de Deus estejam cumpridas. 18 Essa mulher que você viu é a Grande Cidade que está reinando sobre os reis da terra”.

“As sete cabeças são as sete colinas de Roma. São também sete reis, isto é, imperadores do séc. I. Deles já caíram cinco. Augusto, Tibério, Calígula, Cláudio e Nero. Um existe Vespasiano, e o outro durará pouco Tito que reinou só dois anos. A besta é o oitavo Domiciano e, ao mesmo tempo, é um dos sete, ou seja, o imperador Domiciano que agora persegue os cristãos, reencarnando a crueldade de Nero. Os dez chifres são os países dominados por Roma, unidos a ela para lutarem contra Cristo, que os vencerá juntamente com seus discípulos. As águas são as multidões seduzidas pelo absolutismo romano. O julgamento se realiza através da luta entre as nações que buscam o poder. Os dominados se revoltam e destroem o dominador.”

REFLEXÕE:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Amados irmãos e irmãs, acredito que o mistério do mal realmente é muito confuso. Aqueles que procuram agir segundo a misericórdia de nosso Deus verá que jamais entenderam este mistério que é bastante complicado. O tempo que vamos buscar entender este mistério vamos ao contrário buscar uma vivência que nos levará a tudo aquilo que é bom é salutar; tudo o que provém da misericórdia divina, tudo o que é amor, é caridade, é justiça, por que procurar outras realidades que não faz o nosso jeito? Saibamos que o amor de Deus é sem limites, sem fronteiras, isto vale a pena buscar. Que o Senhor Deus nos dê a graça de vivermos na pratica do amor e da misericórdia que nos levará à vivência do amor Misericordioso, rumo a Pátria Celeste. Assim seja! Amém! Paz e Misericórdia!

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

O Grande Dia da Consumação Final

Apocalipse 17,1-6

Resultado de imagem para Destruição de romaO MISTÉRIO DO MAL

1 Um dos Anjos das sete taças veio me convidar: “Venha! Vou-lhe mostrar como será julgada a grande prostituta, que está sentada a beira de muitas águas. 2 Os reis da terra se prostituíram com ela. Os habitantes da terra ficaram bêbados com o vinho da sua prostituição”. 3 E o Anjo me levou em espírito até o deserto. Aí eu vi uma mulher sentada sobre a besta de cor escarlate, cheia de títulos blasfemos. A besta tinha sete cabeças e dez chifres. 4 A mulher usava vestido cor de púrpura e escarlate. Estava toda enfeitada de ouro, pedras preciosas e pérolas. Tinha na mão um cálice de ouro cheio de abominações, que são impurezas de sua prostituição.  5 Na fronte da mulher estava escrito um nome misterioso: “Babilônia, a Grande, a mãe das prostitutas e das abominações da terra.” 6 Reparei que a mulher estava embriagada com o sangue dos santos e com o sangue das testemunhas de Jesus.

A prostituição é símbolo de uma cidade idolátrica. Na época, trata-se de Roma, aqui apresentada como Babilônia, a capital da idolatria e do vício. Ela está sentada sobre a besta escarlate, cor do triunfo para os romanos. Os nomes dos blasfematórios são títulos divinos com que o imperador assegura o próprio poder. A aparência da prostituta é suntuosa e o que ela tem a oferecer é a idolatria (prostituição) e os vícios degradação humana valores relativos apresentados como absolutos. Seu crime supremo é perseguir e matar todos aqueles que não aceitam adorar o poder político absoluto, nem se enganam com as propagandas ideológicas”.

REFLEXÃO:

Louvado seja Nosso Senhor Jeus Cristo! Amados irmãos e irmãs, vai cada vez mais se tornando nítida a simbologia apresentada no livro do Apocalipse, sempre houve e haverá a perseguição daqueles que querem seguir uma vida de integridade, uma vida de honestidade, uma vida transparente diante do Supremo Criador, o nosso Deus. Não podemos mais viver de aparências, enganando; mesmo quando perseguidos e mortos por não aceitarem adorar poderes políticos e blasfemadores. Precisamos conhecer ou pedir a Deus o dom da ciência e da sabedoria para bem discernir o que é bom e agradável ao Senhor Deus; assim, caminharemos naquele caminho estreito, porém aquele caminho que nos conduz ao Paraíso Celeste. Evitando sempre mais a vivência dos blasfemadores. O Nome de Deus é Santo, não ousemos a blasfemá-lo, que a Suas bênçãos e graças estejam sempre envolvendo a todos aqueles que querem Adorá-Lo, amá-Lo e Glorificá-Lo Assim seja! Amém!

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Feliz Aquele que Vigia e Conserva suas Vestes

Apocalipse 16, 10-21

Resultado de imagem para o trono da besta ficou em trevas10 O quinto Anjo despejou sua taça sobre o trono da Besta, e o reino dela ficou em trevas. Os homens mordiam a língua de dor. 11 Blasfemaram contra Deus do céu por causa da dor e das feridas, mas não se converteram de sua conduta. 12 O sexto Anjo despejou sua taça sobre o grande rio Eufrates. 13 A água do rio secou, e os reis do Oriente ficaram de caminho livre para atacar. 13 Nessa hora eu vi: da boca do dragão, da boca da besta e da boca do falso profeta saíram três espíritos impuros que pareciam sapos. 14 São espíritos de demônios. Fazem maravilhas, e vão até os reis de toda a terra, a fim de reuni-los para a guerra no Grande Dia do Deus-Poderoso. 15 (Eis que venho como um ladrão: feliz aquele que vigia e conserva suas vestes, para não andar nu e não deixar que vejam sua vergonha!). 16 Então os espíritos reuniram os reis no lugar que, em hebraico, se chama Harmagedôn. 17 O sétimo Anjo despejou sua taça no ar. Nisso, saiu uma forte voz do Templo, dizendo: “Está realizado!” 18 Houve então, relâmpagos, vozes, trovões e um forte terremoto. Desde que o homem apareceu na terra, nunca tinha acontecido terremoto assim tão violento. 19 A grande Cidade se partiu em três pedaços, e as Cidades das nações caíram. Deus se lembrou então de Babilônia, a Grande, para lhe dar o cálice do vinho do furor da sua ira. 20 As ilhas fugiram, as montanhas desapareceram. 21 Caiu do céu sobre os homens uma grande chuva de pedra, pedras com mais de trinta quilos. E os homens blasfemaram contra Deus por causa dessa praga de granizo, pois o seu flagelo é muito grande.

“Os cristãos devem vigiar para não serem enganados pelas idéias do mal e de seus agentes. Devem manter-se fiéis para não serem pegos de surpresa. Com a sétima taça, o julgamento de Deus se realiza inteiramente. A presença de Deus se manifesta totalmente pelo anúncio do Evangelho. Então é destruído o mundo dominado pelas bestas. A intervenção de Deus pelo Evangelho é grandiosa, mas os homens continuam blasfemando, isto é servindo os ídolos.

REFLEXÃO:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo. Amados irmãos e irmãs, é sabido a todo o cristão; que Deus está sempre perto dos homens, que o Evangelho nos dá ensinamentos grandiosos, basta querermos seguir fielmente os Mandamentos da Lei de Deus o Soberano Juiz. De outro lado o mesmo Deus que deu as suas normas a serem vividas, deixa também os homens viverem em seu livre arbítrio. Mesmo sabendo o quanto Deus intervêm maravilhosamente pelo Evangelho, mas os homens continuam blasfemando, e servindo os ídolos. Ora, mesmo sabendo que os homens recebem de Deus pela suas obras sejam elas boas ou más, há sempre aqueles que não querem obedecê-Lo. Por isso, como no passado, a história nos mostra a variedade de flagelos que caíram sobre todos aqueles que não querem obedecer a voz de Deus, no passado, no presente e no futuro. Peçamos a Deus a graça da fidelidade, da honestidade e da integridade, principalmente a fortaleza para não desviarmos do caminho estreito que nos levará ao PARAÍSO. Assim Seja! Amém! Paz e Misericórdia!

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Cova da Iria

 

13 de Maio na Cova da Iría 002Assim como outras aparições de Nossa Senhora, nessa, ela apareceu para três crianças que moravam em Portugal e eram pastores de ovelhas. Eram elas: os irmãozinhos Francisco, Jacinta e sua prima Lúcia, que era a mais velha. Tudo começou no dia 13 de maio de 1917 quando eles estavam cuidando do rebanho, ali apareceu uma linda Senhora, que disse que era do Céu. A Senhora era lindíssima usava um vestido e na cabeça  por todo o corpo um manto enfeitado de ouro.

Ela pediu para as crianças rezar o Terço todos os dias, pedindo que a paz viesse e a guerra acabasse. As três crianças sofreram tanto a ponto de ser presas. E todo o dia 13 a Senhora aparecia, isto aconteceu sete vezes, e sempre pedia para rezar o Terço. Muitas pessoas nesta época iam a Portugal para conhecer as crianças e tentar ver a linda Senhora, ninguém via só às crianças. As crianças rezavam muito, e ofereciam sacrifícios para Deus que no ano seguinte a guerra acabou. Jacinta e Francisco ficaram doentes e morreram ainda crianças, mas Lúcia viveu bastante se tornou freira e divulgou a devoção do Rosário.

Ação Prática: “Rezemos o Terço todos os dias pedindo a paz ao mundo e para sermos portadores de Paz!”

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

O Julgamento Definitivo

Apocalipse 16, 1-9

Resultado de imagem para as sete taças da ira de deus1 Depois ouvi do Templo vinha uma voz forte, que dizia aos sete Anjos: “Vão! Despejem pela terra as sete taças do furor de Deus!” 2 Saiu o primeiro Anjo, e despejou sua taça na terra. E todas as pessoas que tinham a marca da besta e todas as que adoravam a imagem da besta ficaram com o corpo cheio de úlceras malignas e dolorosas. 3 O segundo Anjo despejou sua taça no mar, E o mar virou sangue, como sangue de um morto. E os rios e fontes viraram sangue. 4 O terceiro Anjo despejou sua taça nos  rios e fontes. E os rios e fontes viraram sangue. 5 Ouvi então, o Anjo das águas dizer: “Justo és tu, Aquele-que-é e que era, ó Santo, porque julgaste essas coisas. 6 Essa gente derramou o sangue de santos e profetas e tu deste a eles sangue para beber! Eles merecem isso!” 7 Ouvi, então, a voz do altar; “Sim Senhor Deus Todo-podero, teus julgamentos são verdadeiros e justos.” 8 O quarto Anjo despejou sua taça no sol. E o sol recebeu permissão de queimar os homens com fogo. 9 E os homens ficaram tão abrasados com esse calor intenso, que começaram a blasfemar contra o nome de Deus que tem poder sobre essas pragas. Mas não se converteram para dar glória a Deus.

“As sete taças representa o julgamento definitivo, operado pelo anúncio, e testemunho do Evangelho. Antes do fim, todos têm a chance de se converter para o Deus vivo, e ter a vida. O julgamento atinge todo o universo (terra, mar, rios, fontes, sol, trono da besta, ar). A pregação do Evangelho transforma o mundo no espelho do pecado humano. A voz do altar é a voz dos mártires, reconhecendo que Deus é fiel e faz justiça. O Evangelho é convite à conversão, mas os homens podem se fechar, sofrendo as conseqüências da própria idolatria.”

REFLEXÃO:

                   Amados irmãos e irmãs em Jesus Cristo. Até os Anjos prestam obediência ao Senhor Deus, mesmo quando se trata em despejarem as sete taças do furor de Deus; por que foi necessário o derramamento destas taças, exatamente para se cumprir a vontade do Senhor Deus, pois aquele povo que derramou o sangue dos santos e dos profetas; sim Senhor só tu és grandiosamente grande, e seu julgamento é verdadeiro e justo, a voz do altar é a voz dos mártires, reconhecendo que Deus é fiel e faz justiça; O Evangelho é convite à conversão, mas os homens podem se fechar, sofrendo com as conseqüências da própria idolatria, sabem que todos têm a chance de se converter para o Deus vivo; porém, muitos não se converteram. Hoje irmãos, somos convidados também a aceitar a chance que nos é dada para viver em Deus uma vida plena e em abundancia, e temos também o livre arbítrio. Que Deus nos dê a graça de vivermos sempre o melhor na correspondência do amor misericordioso do Pai. Assim seja! Amém!

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Preparação do Julgamento Definitivo

Apocalipse 15,1-8

Resultado de imagem para Apocalipse 151 Vi ainda, no céu, outro sinal, grande e maravilhoso: sete Anjos que tinham os sete últimos flagelos, porque por eles é que se deve consumar a ira de Deus. 2 Vi também como que um mar transparente, irisado de fogo,  e os vencedores, que haviam escapado à Fera, à sua imagem e ao número do seu nome, conservavam-se de pé sobre esse mar com as cítaras de Deus. 3 Cantavam o cântico de Moisés, o servo de Deus, e o cântico do Cordeiro dizendo.“Grandes e admiráveis são as tuas obras, Senhor Deus Dominador. Justo e verdadeiro são os teus caminhos, ó Rei das Nações! 4 Quem não temerá, Senhor, e não glorificará o teu Nome? Só tu és santo e todas nações virão prostrar-se diante de ti, porque se tornou manifesta a retidão dos teus juízos.” 5 Depois disso eu vi abrir-se no céu o templo que encerra o Tabernáculo do Testamento. 6 Os sete Anjos que tinha os sete flagelos saíram do templo, vestidos de linho puro e resplandecente, cingidos ao peito com cintos de ouro. 7 Um dos quatro Animais deu-lhes então sete taças de ouro, cheias da ira de Deus que vive pelos séculos dos séculos. 8 Encheu-se o templo de fumaça provinda da glória de Deus e do seu poder. E ninguém podia entrar, enquanto não se consumassem os sete flagelos dos sete Anjos.

“O autor prepara o setenário das taças. Depois de atravessar o mar vermelho, Moisés cantou o hino que celebrava a libertação. Aqui os que venceram a besta cantam o cântico de Moisés e do Cordeiro, o novo Moisés, que liberta e conduz o povo à terra prometida, a nova Jerusalém. O cântico celebra a justiça divina que provocará a conversão dos pagãos. O autor retoma a descrição interrompida em 11,19, pois a Arca da Aliança ficava no Santuário da Tenda do Testemunho. O projeto de Deus vai ser executado. A taça é símbolo do destino. Cada um sofre as conseqüências dos próprios atos e escolhas. O julgamento, que é a ira de Deus, é escolhido livremente pelo próprio homem quando não aceita o convite do Evangelho.”

REFLEXÃO:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo. Amados irmãos e irmãs, como vimos o Apocalipse é literalmente revestido de simbologias, porém não há necessidade de nos preocuparmos, pois aquilo que ainda não compreendemos, podemos procurar ajuda do Espírito Santo de Deus, que com sua voz inenarrável e com o seu sopro divino, nos dará o entendimento, porém, não há o porquê ficar buscando explicações se não buscarmos aprofundar-nos cada vez mais na leitura das Sagradas Escrituras. Reconheçamos sobre tudo as grandes e admiráveis obras das mãos de Deus Ele que é o Redentor de todas as coisas que existem. Pois justo e verdadeiro são os caminhos do Senhor Deus; Quem não glorificará o Teu Santo Nome? Só a Deus elevemos o louvor, a glória e a adoração, enchendo-se assim o universo da sua glória e do seu poder. Assim seja! Amém!

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

O POVO DO CORDEIRO

Apocalipse 14, 1-5

Imagem relacionada1 Depois disso, tive outra visão: o Cordeiro estava de pé sobre o monte Sião. Com ele, os cento e quarenta e quatro mil que traziam a fronte marcada com o nome dele e o nome do seu Pai. 2 Ouvi uma voz que vinha do céu; parecia o barulho de águas torrenciais e o estrondo de um forte trovão. O barulho que ouvi era como o som de músicos tocando harpa. 3 Estavam  diante do Trono dos quatro Seres vivos e dos Anciãos e cantavam um cântico novo. Era um cântico que ninguém podia aprender; só os cento e quarenta e quatro mil marcados que foram resgatados da terra. 4 São os que não se contaminaram com mulheres; são virgens. Eles seguem o Cordeiro aonde quer que ele vá. Foram regatados do meio dos homens e foram os primeiros a serem oferecidos a Deus e ao Cordeiro. 5 Na sua boca nunca foi encontrado a mentira. São íntegros! “Temam a Deus e dêem glória a ele, porque chegou á hora do seu julgamento. Adorem aquele que fez o céu e a terra, o mar e as fontes”.

“O capitulo apresenta uma visão que antecipa o que vai acontecer; os cristãos testemunham o Evangelho no ambiente dominado pelo dragão e pela besta, e o resultado final é o julgamento. O povo de Deus está com o Cordeiro vitorioso. Eles pertencem a Deus e ao Cordeiro. O cântico novo é o anúncio do julgamento e da salvação. Só o povo de Deus pode aprender esse cântico, porque só ele conhece o projeto de Deus: Não se prostitui, nem mente, porque não se submete aos falsos absolutos. São fiéis a Deus e seguem o Cordeiro, dando testemunho de Jesus até o fim.”

REFLEXÃO:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Amados irmãos e irmãs, hoje nós sabemos através deste texto que os cento e quarenta e quatro Anciãos que cantavam um cântico novo, e que ninguém mais saberia cantar, são aqueles que foram escolhidos, estes não se contaminaram e nem mentiram. Estes seguiram o Cordeiro, pois eram INTEGROS. Em um mundo tão cheio de maldade, de mentira, de ambição de orgulho jamais poderiam apresentar-se diante do Cordeiro. Por isso é que todos aqueles que adentrarem neste blog hoje, vamos procurar em tudo a integridade de vida. Como meus irmãos? Afastando de uma vida cheia de MENTIRAS; vamos falar a verdade; pois somente a verdade nos libertará. Vamos fugir de tudo aquilo que possa nos afastar do Deus Uno e Trino; buscando reconciliar-nos se temos algo a pedir PERDÃO; se temos algo o qual devemos aproximar do Sacramento da Confissão façamos, pois assim temos oportunidade de afastarmos de tudo o que é impedimento de fazer parte daqueles cento e quarenta e quatro mil que estão diante do Trono de Deus. Nesta certeza peçamos de Deus esta grande graça, para perseverarmos no bem e no amor misericordioso. Assim seja! Amém! Paz e Misericórdia!

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Os cristãos devem estar atentos

Apocalipse 13, 9-18

Resultado de imagem para martires do coliseu9 Se alguém tem ouvidos, ouça: 10 Se alguém está destinado à prisão, irá para a prisão. Se alguém deve morrer pela espada, é pela espada que deve morrer. Aqui se fundamenta a perseverança e a fé dos santos. 11 Depois disso, vi outra Besta sair da terra. Tinha dois chifres como cordeiro, mas falava como dragão. 12 Esta segunda besta exerce toda a autoridade na presença da primeira besta. Ela faz com que a terra e seus habitantes adorem a primeira besta, cuja ferida mortal tinha sido curada. 13 A segunda besta opera grandes maravilhas; faz cair fogo do céu sobre a terra, à vista dos homens. 14 Por causa do poder de fazer essas maravilhas, sempre na presença da primeira besta, a segunda besta acaba seduzindo os habitantes da terra. Ela seduz a humanidade a fazer uma imagem em honra da besta que tinha sido ferida pela espada, mas que voltou a vida. 15 Foi-lhe permitido até mesmo infundir espírito na imagem da primeira besta. 16 A segunda besta faz também com que todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e escravos, recebam uma marca na mão direita ou na fronte. 17 E ninguém pode comprar e vender se não tiver a marca, o nome da besta ou o número do seu nome. 18 Aqui é preciso entender: quem é esperto, calcule o número da besta; é um número de homem; o número é seiscentos e sessenta e seis.

“Para serem fiéis e perseverarem, os cristãos devem manter o espírito critico, pois Deus vai realizar o que projetou. A segunda besta depois chamada falso profeta, é a propaganda ideológica, que sustenta os poderes absolutos, e cuja essência é a falsidade apresenta o mal com aparências de bem, para levar as pessoas a aceitarem um sistema político desumano, como se este viesse de Deus. É uma caricatura do Espírito Santo. O autor identifica a primeira besta com o imperador romano da época. O número seiscentos e sessenta e seis, conforme o valor numérico das letras em hebraico, corresponde ao nome de César Nero. O Imperador Domiciano é visto como a ressurreição de Nero e da sua crueldade. Este número contudo, pode também significar o máximo de imperfeição, pois seis não atinge sete e é metade de doze. Indicaria, assim, a relatividade e fraqueza dos poderes totalitários.

REFLEXÃO:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo. Amados irmãos e irmãs, todos os cristãos que querem manter-se fiéis e perseverantes devem manter o espírito crítico, sabendo que o nosso Deus vai realizar o Seu Projeto de Amor Misericordioso. Aí vimos que para poder participar da economia em compras e vendas, todo mundo deve pensar e agir de acordo com a primeira besta. Esse nivelamento de todas as classes sociais com o mesmo pensamento e ação é uma paródia do Reino de Deus. Que do céu derrame uma profusão de graças e benção para todos aqueles que são fiéis ao Senhor Deus. Assim seja! Paz e Misericórdia!

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

O poder político absolutizado é o Anticristo

Apocalipse 13, 1-8

400px-Siemiradski_Fackeln1 Vi, então, uma Besta que subia do mar; Tinha dez chifres e sete cabaças. Em cima dos chifres havia dez diademas, e nomes blasfemos sobre as cabeças. 2 A Besta que eu vi parecia uma pantera. Os pés eram de urso, e a boca era de leão. O dragão entregou para a Besta o seu poder, o seu trono e uma grande autoridade. 3 Uma das cabeças da besta parecia ferida de morte, mas a ferida mortal foi curada. A terra inteira se encheu de admiração e seguiu a besta, 4 e adorou  o dragão por ter entregue a autoridade à besta. E adoraram também a besta dizendo: “Quem é como a besta? E quem pode lutar contra ela?” 5 A besta recebeu uma boca para dizer insolências e blasfêmias. Recebeu também poder para agir durante quarenta e dois meses. 6 Então a besta abriu a boca em blasfêmias contra Deus, blasfemando contra seu Nome e sua morada santa e contra os que moram no céu. 7 Foi permitido a ela guerrear contra os santos e vencer. Recebeu autoridade sobre toda tribo, povo, língua e nação. 8 Então todos os habitantes  da terra adoraram a besta. Mas o nome deles não está escrito desde a criação do mundo no livro da vida do Cordeiro Imolado.

“A besta é o poder político absolutizado, isto é, os poderes totalitários, ditatoriais e opressores. Na época de João, trata-se de Roma, às margens do mar Mediterrâneo. Blasfemar é tomar coisas ou pessoas humanas como divinas; usurpando títulos honoríficos e divinos é que os poderosos afirmam sua autoridade e oprimem os homens. A besta é uma superpotência, pantera, urso, leão. Ela é agente do mal, que lhe dá todo o poder. O dragão e a besta são uma paródia do Deus que entrega o domínio da história a Jesus Cristo ressuscitado.

REFLEXÃO:

Amados irmãos e irmãs em Jesus Cristo. Vemos na simbologia do dragão e da besta, o poder, o trono e a autoridade; quem é a besta? Quem tem poder para lutar contra ela? Aqui vai entrar tudo o que é do mal, assim mesmo há pessoas que dizem que não existem pessoas do mal. Segundo este livro do Apocalipse, este dragão recebe autorização para perseguir, tentar e matar aqueles que fazem parte do povo de Deus. Onde está o mal? Onde há uma pessoa fazendo o bem; verás logo que o mal aproxima, pois tudo o que é do mal já lhe pertence. Não há, mal contra o mal; o que existe é o mal contra o bem. A partir de Jesus Cristo e da sua ressurreição é que o bem, ou seja, as pessoas do bem são protegidas pelo Senhor Ressuscitado. Peçamos ao nosso bom Deus a graça de participar do grande Exército da Misericórdia, assim estaremos bem distantes dos dragões maléficos. Que Deus seja louvado, adorado, amado hoje e sempre. Assim seja! Amém!

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Faça festa, no céu

Apocalipse 12,13-18

image22image023   13 Quando viu que tinha sido expulso para a terra, o dragão começou a perseguir a Mulher, aquela que tinha dado a luz um menino homem. 14 Mas a Mulher recebeu as duas asas da grande águia, e voou para o deserto, para um lugar bem longe da serpente. Aí a Mulher é alimentada por um tempo, dois tempos e meio tempo. 15 A serpente não desistiu: vomitou um rio de água atrás da Mulher, para que ela se afogasse. 16 Mas a terra socorreu a Mulher, abriu a boca e engoliu o rio que o dragão tinha vomitado. 17 Cheio de raiva por causa da Mulher, o dragão começou então a atacar o resto dos filhos dela, os que obedecem aos mandamentos de Deus e mantêm o testemunho de Jesus. 18 Depois o dragão ficou em pé na praia do mar.

O mal não conseguiu vencer Jesus; por isso agora persegue os cristãos seguidores de Jesus. Mas estes são continuamente protegidos por Deus, até o final da história (três tempos e meio= mil duzentos e sessenta dias). É tempo de perseguição (rio), mas, como no Êxodo, o povo de Deus não sucumbe”.

REFLEXÃO:

Amados irmãos e irmãs em Jesus Cristo. Neste texto, quando se fala da serpente, do dragão está se retratando a satanás, o diabo; foi ele que quis destruir a Mãe de Jesus quando estava para dar a Luz que é Jesus; assim como foi ferrenho na perseguição á Santíssima Virgem e como vingança a Ela; o mal não conseguindo vencer Jesus, agora persegue os cristãos. Sabemos muito o bem que se somos fieis seguidores do Reino de Deus, satanás estará sempre no encalço dos seguidores de Deus. O demônio estará sempre a atacar os filhos do Altíssimo e Soberano Deus; todos aqueles que obedecem aos mandamentos de Deus e mantêm o testemunho de Jesus Cristo. Certos de que ser cristãos levarão as suas conseqüências. Porém, a fé e a esperança nos dão a certeza e a segurança de que seremos protegidos pelo Nosso Deus Soberano. Que Deus seja louvado, hoje e sempre. Amém

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário