Acolhimento mútuo

{0351AFA2-27FD-414B-9E78-06906D15ACBF}_21052013_cancer_interna7 Acolham-se uns aos outros, como Cristo acolheu vocês, para a glória de Deus. 8 Digo a vocês que Cristo se tornou servidor dos judeus em vista da fidelidade de Deus a fim de cumprir as promessas feitas aos patriarcas. 9 As nações pagãs, porém,  dão glória a Deus por causa da misericórdia dele, conforme diz a Escritura: “Por isso eu te celebrarei entre as nações pagãs e cantarei hinos ao teu nome”. 10 A Escritura também diz: “Nações pagãs alegrem-se com o povo de Deus”. 11 E diz ainda “Nações pagãs todas, louvem ao Senhor, e todos os povos o celebrem”. 12 E Isaias também diz: “Aparecerá o broto de Jessé, aquele que se levanta para governar as nações pagãs. Nele as nações pagãs colocarão a sua esperança”. 13 Que o Deus da Esperança encha vocês de completa alegria e paz na fé, para que vocês transbordem de esperança, pela força do Espírito Santo.

“O acolhimento mútuo no amor é o caminho para que as mentalidades diferentes não quebrem a união da comunidade. Assim fez Cristo, que acolheu pagãos e judeus num só povo. Alem disso, a comunidade não deve julgar que o fato de pertencer ao povo de Deus seja privilégio que a separa dos outros; antes, é fonte de responsabilidade, pois a vocação da comunidade é acolher todos como irmãos, testemunhando assim o projeto divino de reunir todos os homens”.

REFLEXÃO:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Amados irmãos e irmãs, a virtude de acolhimento ao irmão e irmã se observarmos é um dom, é uma dádiva dada pelo nosso Deus através de nosso Senhor Jesus Cristo. O que prevalecerá nesta história é o grande amor de Deus por cada um de nós; principalmente quando este amor é doado por nós sem distinção de pessoas, seja grego ou troiano todos estão sob o olhar de Deus. Então cabe aqui para todos nós, nos capacitarmos neste amor gratuito de Deus por nós e veremos tantas maravilhas se realizando e manifestando, pois tudo vem de Deus e volta para Ele, tudo passa, só não passara o amor a caridade realizada para o bem dos irmãos e irmãs. Eu pedirei ao nosso bom Deus a graça deste amor acolhedor a cada um desde já com a sabedoria do entendimento. Assim seja! Amém! Paz e Misericórdia!

Anúncios
Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Colocar-se a serviço do outro

img21 Nós, que somos os fortes devemos suportar a fraqueza dos fracos, e não procurarmos o que nos agrada. 2 Cada um de nós procure agradar a seu próximo em vista do bem, para edificar, 3 Cristo não procurou agradar a si mesmo; ao contrário, como diz a Escritura “Os insultos daqueles que te insultam caíram sobre mim.” 4 Ora, tudo isso que foi escrito antes de nós foi escrito para a nossa instrução, para que, em virtude da perseverança  e consolação que as Escrituras nos dão, conservemos a esperança. 5 O Deus da perseverança e da consolação conceda que vocês tenham os mesmos sentimentos uns com os outros, a exemplo de Jesus Cristo. 6 E assim vocês, juntos e a uma só voz, dêem glória ao Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo.

“Os cristãos mais conscientes não devem usar sua força e prestigio para impor aos outros a própria opinião e conseguir poderes sobre a comunidade. Não foi esse o modo de proceder de Jesus Cristo, que veio para servir e dar a vida. O respeito e o bem dos outros são o maior sinal do cristão consciente”.

REFLEXÃO:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Amados irmãos e irmãs, o cristão jamais deverá usar da própria força para oprimir o próximo seja qual for o motivo, Deus não nos outorgou a nada disso. Cabe-nos sim a vivência fraterna, o amor mútuo, a caridade, estas virtudes nos foram ensinadas para que a nossa vida fosse moldada no exemplo de Jesus Cristo que fez tudo por amor Misericordioso; parece nos difícil, mas se quisermos podemos viver maravilhosamente sem ofender o irmão e a irmã. Quando procuramos aprofundar os nossos conhecimentos na doutrina cristã, encontramos tudo nas Escrituras, veremos que a vida que Deus deseja de todos nós é maravilhosa, vale apena usufruir as graças do Senhor Deus, pois assim foi criado tudo para o bem estar da criatura de Deus. Vivamos bem e veremos que seremos todos abençoados com bênçãos copiosas. No amor de Deus que é Pai. Que Deus seja hoje e sempre amado, louvado e glorificado. Amém! Paz e Misericórdia!

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Não escandalizar o irmão

Romanos 14, 15-23

Barakat-compulsão15 Se, por questão de alimento, você deixa seu irmão triste, você não está agindo com amor. Portanto, o alimento que você come não seja causa de perdição para aquele por quem Cristo morreu. 16 Não dêem motivo para outros falarem mal daquilo que é bom para vocês.  17 O Reino de Deus não é questão de comida ou bebida; é justiça, paz e alegria no Espírito Santo. 18 Quem serve a Cristo nessas coisas agrada a Deus e é estimado pelos homens. 19 Portanto, busquemos sempre as coisas que trazem paz e edificação mutua. 20 Não destrua a obra de Deus por uma questão de comida!  Todas as coisas são puras. Mas é mau para um homem comer provocando escândalo. 21 É melhor não comer carne, nem beber vinho ou qualquer outra coisa, quando isso é ocasião de tropeço, escândalo e queda para o irmão. 22 Guarde para você, diante de Deus, a convicção que você tem. Feliz aquele que não condena a si mesmo na decisão que toma. 23 Mas quem duvida e assim mesmo toma o alimento é condenado, pois o seu comportamento não provém de uma convicção. E tudo o que não provém de uma convicção é pecado.

“Cada um deve viver a fé com autenticidade, seguindo a própria consciência e agindo conforme as próprias convicções. O cristão, porém, está inserido no contexto maior da convivência fraterna, onde o amor preside a todos os relacionamentos e impede que um irmão seja motivo de escândalo ou ofensa para o outro. Até as coisas mais lícitas devem ser deixadas de lado, quando entra em jogo o crescimento mútuo em vista do Reino de Deus, Reino que é justiça, paz e alegria no Espírito Santo”.

REFLEXÃO:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Amados irmãos e irmãsrealmente o Apostolo Paulo ao dirigir as suas cartas às diversas comunidades cristãs, ele foi muito claro em suas palavras, vejamos, desde a alimentação. As vezes parece-nos coisas muito insignificante, porém, se olharmos podemos sim pecar gravemente quando exigimos que o outro come do nosso jeito, e ainda, achamos que estamos certos. Paulo até nos pede que o alimento que alguém come não se torne causa de condenação, não dê motivo para que os outros falem mal daquilo que é bom, mas só para você; e o pior mal quando esta pessoa é uma criança. Quando tratamos alguém assim seja criança, adolescentes, jovens, adultos ou idosos é por que não vivemos uma fé autentica e verdadeira, “pois o próprio Jesus Cristo disse: não façais aos outros aquilo que não quereis que outros vos façam”. Bem sabemos que será na mesma medida que iremos receber. Então é melhor saber que nem tudo o que é bom para mim será bom para o outro. Que o nosso bom Deus nos dê as graças necessárias para percebermos que atitude devemos tomar em relação com os nossos irmãos, seja eles quer for, pois para Deus não há distinção de pessoas. E assim que Deus seja louvado hoje e sempre. Amém! Aleluia! Paz e Misericórdia!

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Não brigar por coisas secundárias

576065_320950928007529_584799402_n1 Acolham o fraco na fé, sem lhe criticar os escrúpulos. 2 Um acredita que pode comer de tudo; outro, sendo fraco, só come legumes. 3 Quem come de tudo, não despreze quem não come. E quem não come, não julgue aquele que come, porque Deus o acolhe assim mesmo. 4 Quem é você para julgar um servo alheio? Se ele fica de pé ou cai, isso é lá com o patrão dele; mas ele ficará de pé, pois o Senhor é poderoso para o sustentar. 5 Há quem faça diferença entre um dia e outro, enquanto outro acha que todos os dias são iguais. Cada qual siga a sua convicção. 6 Quem distingue o dia, faz isso em honra do Senhor. Quem Come de tudo, o faz em honra do Senhor, porque agradece a Deus. E quem não come, não come em honra do Senhor, e também agradece a Deus. 7 Porque nenhum de vocês  vive para si mesmo, e ninguém morre para si mesmo. 8 Se vivemos, é para o Senhor que vivemos; se morremos, é para o Senhor que morremos. Quer vivamos, quer morramos, pertecemos ao Senhor. 9 Cristo morreu e voltou à vida para ser o Senhor dos mortos e dos vivos.

A comunidade cristã, que verdadeiramente possui objetivo e procura realizá-lo com convicção, não se perde em questões secundárias; estas podem provocar desunião e dispersar as forças necessárias para se atingir a meta proposta. E o principal na vida cristã é viver para Deus, dando testemunho de Jesus Cristo. Nas coisas secundárias, cada um deve agir segundo a sua própria convicção”.

REFLEXÃO:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Amados irmãos e irmãs em; cada dia que passa as nossas reflexões vai se tornando uma maravilha, que nos leva a viver, da fé, do amor e da Palavra de Deus; assim, nós não desviaremos e nem distanciaremos do Pai das Misericórdias. É algo tão simples, e que jamais imaginei que estaria nas paginas da Escritura; é “quem come de tudo não deve menosprezar aqueles que não comem, a esses; Deus os acolhe, e se o próprio Deus os acolhe por que tem aqueles que os desprezam?” Isto não lhe parece algo insignificante, e sabemos que muitas pessoas desprezam, talvez nunca comeram um determinado alimento ou não conhecem. Eu mesma acredito ser abominável; exigir de alguém algo que ela não conhece, não é porque eu conheço que todos devem conhecer. É muita ignorância. Você conhece, outro não, você come, outro não, você sabe, outro não. A caridade é benigna, a caridade é paciente; quem somos nós para julgar os servos alheios? Peçamos então a Deus a graça de sermos caridosos e não exigentes com os nossos irmãos, pois tudo nesta terra passará somente a caridade não passará. Que o Senhor Deus, abençoe a todos neste dia. Assim Seja! Paz e Misericórdia!

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

O amor é o pleno cumprimento da Lei

FQ48 Não fiquem devendo nada a ninguém, a não ser o amor mútuo. Pois quem ama o próximo cumpriu plenamente a Lei. 9 De fato, os mandamentos: não cometa adultério, não mate, não roube, não cobice, e todos os outros se resumem nesta sentença: “Ame o seu próximo como a si mesmo”. 10 O amor não pratica o mal contra o próximo, pois o amor é o pleno cumprimento da Lei. A madrugada de um tempo novo _ 11 Comportem-se dessa maneira, principalmente porque vocês conhecem o tempo, e já é hora de vocês acordarem: a nossa salvação está agora mais próxima do que quando começamos a acreditar. 12 A noite vai avançando, e o dia está próximo. Deixemos, portanto, as obras das trevas e vistamos as armas da luz. 13 Vivamos honestamente, como em pleno dia: não em orgias e bebedeiras, prostituição e libertinagem, brigas e ciúmes. 14 Mas vistam-se do Senhor Jesus Cristo, e não sigam os desejos dos instintos egoístas.

“Na vida cristã a única tarefa que não tem limites é o Amor, pois ele não só resume tudo o que deve ser feito, mas é também o espírito com que tudo deve ser feito. Como nos evangelhos, Paulo também vê o amor como expressão perfeita de toda a Lei. Liberto do egoísmo que corrompe a pessoa e a sociedade, o cristão já vive a madrugada de um tempo novo. A vinda de Jesus Cristo dissipa a longa noite da injustiça e do pecado. O cristão deve acordar, preparado para viver e testemunhar o dia da libertação inaugurado por Jesus.”

REFLEXÃO:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Amados irmãos e irmãs, hoje com esta maravilhosa reflexão somos convidados a não ficar devendo nada a ninguém, caso devamos que este seja o “AMOR” tudo nesta terra passará; só não passará a CARIDADE. Que o Deus do AMOR MAIOR, possa hoje dar a todos que adentrarem este blog uma graça, uma benção, para que possam trabalhar espiritualmente por adquirir esta virtude grandiosa a da Caridade. E aprendamos que só com a vida de Nosso Senhor Jesus Cristo é dissipado a longa noite da INJUSTIÇA. Que usemos com sabedoria as graças derramadas do Céu e nos capacitemos deste conhecimento e prática da Caridade que é a rainha de todas as virtudes. Que todos os dias ao acordar estejamos preparados para uma nova vida de testemunhar a Jesus Cristo. Assim seja! Amém! Paz e Misericórdia!

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

A Comunidade e a autoridade política

1-dsc_04811 Submetam-se todos às autoridades constituídas, pois não há autoridade que não venha de Deus, e as que existem foram instituídas por Deus. 2 Quem se opõe à autoridade, se opõe à ordem estabelecida por Deus. Aqueles que se opõem, atraem sobre si a condenação. 3 Na verdade, os que governam não devem ser temidos quando se faz o bem, mas quando se faz o mal. Se você não quer ter medo da autoridade, faça o bem, e ela o elogiará. 4 A autoridade  é o instrumento de Deus para o bem de vocês, mas se vocês praticam o mal, tema, pois não é à toa que a autoridade usa a espada; quando castiga, ela está a serviço de Deus, para manifestar a ira dele contra o malfeitor. 5 Por isso, é preciso submeter-se, não só por medo do castigo, mas também por dever de consciência. 6 É também por isso que vocês pagam impostos, pois os que tem esse encargo são funcionários de Deus. 7 Dêem a cada um o que lhe é devido: o imposto e a taxa, a quem vocês devem imposto e taxa; o temor, a quem vocês devem temor; a honra, a quem vocês devem honra.

“Paulo nesta carta escreve a uma comunidade perseguida pelo poder político, tentada por isso a negar radicalmente a função da autoridade política. O que Paulo diz não deve ser tomado como legitimação de qualquer autoridade política ou forma de sociedade, ele apenas mostra o fundamento, a função política. A autoridade por direito só pertence à natureza de Deus. Só ele é o Senhor e juiz absoluto sobre os homens. A autoridade política encontra seu fundamento numa participação funcional na autoridade de Deus, em vista do bem comum. Sua função é servir ao povo, promovendo a justiça, zelando pelo direito e impedindo os abusos. Seus limites dependem do seu próprio funcionamento e função: a autoridade não pode usurpar o lugar de Deus, pretendendo-se absoluta ou divina; nem pode servir a si mesma, oprimindo e explorando o povo.”

REFLEXÃO:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Amados irmãos e irmãs, vimos segundo o apostolo Paulo, que aquele que se opõe a autoridade constituída, se opõe à autoridade do próprio Deus; e atrai sobre si a condenação. A submissão da nossa parte, não deve ser por medo, mas sim por dever de consciência. Os Cristãos, que procuram conhecer bem a Santa Doutrina dada por Deus e testemunhada por Jesus Cristo, conhece bem o seu dever, não procuram ocultar-se dos seus deveres e obrigações, ao contrário são fieis, íntegros e honestos. Certos de que quanto mais vivermos nesta fidelidade, não teremos medo de nada. Rezemos irmãos e irmãs amados, a fim de que vivamos perseverantemente em tudo o que sabemos que corresponde à Santa vontade de Deus e viveremos abençoados abundantemente pelo Senhor Deus da Vida. Que nosso Deus seja louvado e glorificado hoje e sempre pela sua criatura. Assim Seja! Amém! Paz e Misericórdia!

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

A comunidade é um corpo vivo

comunhao-013 Em nome da graça que me foi concedida, eu digo a cada um de vocês, não tenham de si mesmo conceito maior do que convém, mas um conceito justo, de acordo com a fé, na medida que Deus concedeu a cada um. 4 Num só corpo há muitos membros, e esses membros não tem todos a mesma função. 5 O mesmo acontece conosco; embora sendo muitos, formamos um só corpo em Cristo, e, cada um por sua vez, é membro dos outros. 6 Mas temos dons  diferentes, conforme a graça concedida a cada um de nós. Quem tem o dom da profecia, deve exercê-lo de acordo com a fé; 7 se tem o dom de serviço, que o exerça servindo, se do ensino, que ensine; 8 se é de aconselhar, aconselhe; se é de distribuir donativos, faça-o com simplicidade; se de presidir à comunidade, faça-o com zelo; se é de exercer a misericórdia , faça-o com alegria.

“A vida na comunidade cristã tem como exigência básica o abandono da pretensão de ser o maior ou o mais importante, para colocar-se com simplicidade a serviço dos outros. Todos precisam de cada um, e cada um precisa de todos. A graça que Deus concede a cada um é o próprio modo de ser de cada pessoa. E esse modo de ser, que é iluminado pela fé, se coloca à disposição das necessidades dos outros, a fim de que todos possam crescer, mediante a contribuição de cada um”.

REFLEXÃO:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Amados irmãos e irmãs, o texto que hoje refletimos, mostra o valor de cada pessoa, quando esta se encontra como um enxerto em Jesus Cristo, isto é, quanto mais unidos a Ele, o Filho do Deus vivo mais, estaremos bem unidos também com as pessoas. Ao contrário, quando ficamos longe de Deus, longe de Jesus Cristo, não teremos jamais as graças necessárias para poder não só estar ao serviço do próximo, mas também o de amar o próximo. O maior e grande Mandamento, disse: “Amai a Deus sobre todas as coisas e ao irmão como a si mesmo.” Como pode alguém amar a Deus sem vê-lo e não amar o próximo que caminha lado a lado? Esta graça é dádiva de Deus a todos que levam a sério este Mandamento. Que o Senhor Deus venha abençoando a todos com esta graça especial do amor a “Deus e ao irmão”. Sejam todos agraciados hoje esta é a benção que pedimos. Aleluia! Amém! Paz e Misericórdia!

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

As decisões de Deus são insondáveis

cascatas33 como é profunda a riqueza, a sabedoria e a ciência de Deus! Como são insondáveis as suas decisões, e como são impenetráveis seus caminhos! 34 Quem poderá compreender os pensamentos do Senhor? Quem foi o seu conselheiro? 35 Quem lhe emprestou alguma coisa, para que Ele tenha algo a devolver? 36 Porque todas as coisas vêm dele, por meio dele e vão para ele. A ele pertence a glória para sempre. Amém

“Contemplando o final da história, quando a humanidade toda se reúne, salva por Deus, Paulo tem exclamações de admiração e adoração.”

Reflexão:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Amados irmãos e irmãs, esta passagem é bem pequena, mas observemos a profundidade dos pensamentos de São Paulo. A riqueza, a sabedoria e a ciência de Deus. E não precisamos ir longe basta meditar um pouco sobre a criação e vamos mais perto ainda a nossa criação o nosso corpo, vejamos a sabedoria de Deus no funcionamento do nosso corpo. Falando agora dos caminhos e dos pensamentos do Senhor. Somos todos criaturas, fomos criados por Deus; somente Jesus foi gerado por Ele, e o amor Dele por nós é tão grande que ainda assim Ele enviou seu único Filho a morrer por nós. E não foi uma morte qualquer foi a pior das condenações que existia na época; a morte de cruz era apenas para crimes hediondos, assim Deus manifesta sua misericórdia mesmo para os piores pecadores porque Jesus dessa maneira assumiu o pecado de todos sem distinção desde que exista o arrependimento; e concede a vida eterna a todos aqueles que estejam dispostos a recebê-la. Assim procedemos de Deus, pertencemos a Deus e voltaremos a Deus. Tudo é Dele e a ele pertence à Glória, O Louvor e Toda Adoração, pelos séculos. Amém. Assim seja. Paz e Misericórdia!

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Deus não volta atrás

images (22)25 Irmãos, não quero que vocês ignorem este mistério, para que vocês não se tornem convencidos: o endurecimento de uma parte de Israel vai durar até que chegue a plenitude das nações. 26 Então, todo o Israel será salvo, como diz a Escritura: “De Sião sairá o libertador, ele vai tirar as impiedades de Jacó; 27 essa será a minha aliança com eles, quando eu perdoar os seus pecados.” 28 Quanto ao Evangelho, eles são inimigos, para vantagem de vocês; mas, quanto a eleição, ele são amados, por causa dos patriarcas, 29 porque os dons e o chamado de Deus são irrevogáveis. 30 Vocês foram desobedientes a Deus, e agora, pela desobediência deles, vocês conseguiram misericórdia. 31 Do mesmo modo, também eles agora desobedeceram, a fim de que, pela misericórdia feita a vocês, eles consigam a misericórdia para eles. 32 Deus encerrou todos na desobediência, para ser misericordioso com todos.

“O povo de Israel não foi rejeitado para sempre, porque Deus não volta atrás em sua escolha. O futuro da salvação permanece aberto ao povo da promessa. Através de uma história misteriosa, o Senhor continua a guiá-lo para mostrar a todos que salva porque ama, pois a sua misericórdia é dirigida a todos.

Reflexão:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Amados Irmãos e irmãs, Deus não volta atrás em suas escolhas isto deve nos servir de motivação para continuarmos sempre em frente em nossa caminha rumo ao céu; pois embora tenhamos nossas quedas Deus sempre estará pronto a nos perdoar e nos levantar desde que não nos acomodemos em nossos erros. A salvação está disponível a todos assim como a misericórdia divina: não nos cabe querê-la apenas aceitá-la, no entanto esta decisão é nossa temos em nossas mãos o direito de decisão, pois disso Deus não nos priva. Ele nos deu o livre arbítrio para tomarmos nossas próprias decisões se vamos aceitar ou não a salvação que Ele nos oferece é conosco, mas se aceitarmos Ele nos auxiliará até o fim em nossa escolha, se decidirmos que não nem por isso Ele nos abandona Ele aguarda durante todo o tempo de nossa vida para ver se mudamos de idéia, como São Paulo fala dos israelitas que são destinados a salvação. Deus é extremamente paciente só não podemos fazê-lo de bobo porque isso Ele não é. Ele conhece o que se passa em nosso coração e na nossa mente e sabe quando somos sinceros em nossas intenções. Então hoje eu convido a todos a tomarmos uma firme decisão de viver com fidelidade os planos que Deus traçou para nossa salvação esse é o único meio de encontrar a felicidade, servir a Deus por livre e espontânea vontade. Que Deus lhe dê toda a força e coragem para continuar no caminho rumo ao céu. Amém Assim seja. E que dos céus abençoe a todos. Paz e Misericórdia!

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

A raiz sustenta a árvore

CJ70316 Se os primeiros frutos são santos, toda a massa também será santa; se a raiz é santa, os ramos também serão santos. 17 Se alguns ramos foram cortados, e você, oliveira selvagem, foi enxertada no lugar deles e agora recebe a seiva das raízes, 18 não se envaideça nem despreze os ramos. Se você se orgulha, saiba que não é você que sustenta a raiz, mas a raiz que sustenta você. 19 Você poderá dizer: “Os ramos foram cortados para que eu fosse enxertada”. 20 Certo! Mas eles foram cortados por causa da falta de fé deles, ao passo que você permanece firme pela fé. Não fique cheia de soberba, mas de temor, 21 porque, se Deus não poupou os ramos naturais, também não poupará você. 22 Considere, portanto, a bondade e severidade de Deus: severidade para com aqueles que caíram, mas bondade de Deus para com você, sob a condição, porém, de que seja fiel a essa bondade. Do contrário, você também será cortada. 23 Quanto a eles, se não permanecerem na falta de fé, serão enxertados, pois Deus é capaz de enxertá-los de novo. 24 Pois, se você foi cortada de uma oliveira selvagem e contra a natureza foi enxertada na oliveira boa, tanto mais eles poderão ser enxertados na própria oliveira boa à qual pertencem.

“Os pagãos convertidos seriam tentados a desprezar os judeus. Paulo, então, lembra que o cristianismo nasceu do povo judaico e que os pagãos convertidos são como enxerto no povo de Deus. E ainda mostra, pela mesma comparação, que os judeus podem aderir ao Evangelho e produzir frutos com maior facilidade, pois pertencem à raiz original. Por outro lado, também os pagãos convertidos correm o perigo de perder a fé e ser cortados do tronco onde foram enxertados.”

Reflexão:

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo! Amados irmãos e irmãs, todos nós sofremos a desventura do orgulho; alguns mais outros menos, mas ninguém pode se dizer totalmente livre dele, pois é algo que já nasce com a gente, mas não é por isso que temos que deixá-lo nos dominar; ao contrário devemos combatê-lo constantemente para ao menos subjugá-lo dentro de nós, esse é o único meio de sermos fiéis a Deus, porque o orgulho ataca diretamente a nossa fé. Por isso é que São Paulo exortava tanto os pagãos convertidos a não se orgulharem, nós também corremos o perigo de que a nossa fé seja aniquilada se não vigiarmos. Mas nosso Deus é tão amoroso que sabendo disso não nos desampara Ele esta sempre perto de nós mesmo quando nos distanciamos Dele, busquemos então corresponder ao amor de Deus com confiança filial, vamos correr a Ele em todos os momentos da nossa vida, seja na dor, no sofrimento, nas dificuldades, nas aflições, mas não O deixemos de lado também nas conquistas, nas vitórias, nas alegrias. Vamos nos unir a Deus em todo instante e estaremos sempre em muito boa companhia. Que os céus se abram e derramem todas as graças para assim vivermos. Amém. Assim seja. Deus abençoe a todos hoje e sempre. Paz e Misericórdia!

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário